Jogos: BIT.TRIP – A Beleza do Minimalista

Bit Trip Runner

A coleção BIT TRIP chega à Nintendo Switch, depois de ter passado pela Nintendo Wii (onde começou) e pela Nintendo 3DS. Como será passado estes anos todos voltar a jogar estes jogos?

Antes demais, vou deixar já um pequeno pormenor que irá saltar à vista do leitor quando tentar comprar os jogos, caso lhe interesse. Todos eles estão à venda em separado, não existindo propriamente uma coleção completa dos mesmos. No entanto, como foram todos lançados ao mesmo tempo, no mesmo dia na consola híbrida da Nintendo, irão ser abordados como uma coleção. Os jogos que compõe esta série são: Bit.Trip Beat, Bit.Trip Core, Bit.Trip Void, Bit.Trip Runner, Bit.Trip Fate e Bit.Trip Flux. Portanto, são 6 jogos que acabam por ser diferentes entre si, mas que, tem como base sempre as mesmas características: ritmo e nostalgia.

Bit Trip Core

Falando um pouco de cada jogo, Bit.Trip Beat é um pouco como Pong, em que somos convidados a movimentar uma pequena barra que terá de se defender de blocos, tornando assim um jogo de ritmo. Mantendo a ideia do ritmo, Bit.Trip Core é um jogo em que utilizamos um “+” para disparar em quatro direções destruindo blocos que se encontram no nosso caminho. Por outro lado, Bit.Trip Void faz com que sejamos o vazio e tenhamos que crescer. Tudo isto em pixéis, tentando fazer com que o jogar sinta um pedaço de nostalgia.

  Returnal tem novo trailer totalmente dobrado em português

De seguida, em Bit.Trip Runner (talvez o jogo mais conhecido) temos que comandar a nossa personagem chamada Commander Video (que conhecemos pela primeira vez aqui), enquanto ele corre ao longo dos níveis. Também o controlamos em Bit.Trip Fate mas mais com a tendência de um jogo de tiros, sempre na mesma linha. Podemos andar para a frente e para trás, mas ao mesmo tempo andamos a disparar para todos os cantos que conseguimos. Por fim, e para terminar a coleção temos Bit.Trip Flux que é muito similar a Bit.Trip Beat, o primeiro jogo da série. Porém, acaba por ter várias características dos jogos anteriores.

Bit Trip Fate

Devemos também ter em conta que são jogos com visuais minimalistas, mas bastante agradáveis de se ver. É delicioso jogar estes jogos. Além de intuitivos e difíceis, acabam por ser bastante viciantes. Podemos também atribuir a culpa disso à banda sonora em chiptune criada por artistas como Minusbaby, Nullsleep e Bit Shifter. É simplesmente viciante e durador.

Resta concluir que, Bit.Trip é a beleza dos jogos minimalistas. Por muito que me queira alongar, não é possível, já que está tudo explicado nestas linhas. É um jogo para se descobrir e voltar a descobrir, aqueles que já o fizeram anteriormente, numa nova plataforma.

Bit.Trip Beat, Bit.Trip Core, Bit.Trip Void, Bit.Trip Runner, Bit.Trip Fate e Bit.Trip Flux estão disponíveis na Nintendo Switch, PC e PlayStation4

Distribuidor: QubicGames

António Moura

Um pequeno ser com grande apetite para cinema, séries e videojogos. Fanboy compulsivo de séries clássicas da Nintendo.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *