Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Cinco jogos para as noites frias de Inverno

O Inverno está prestes a chegar e com ele as noites de frio em que não apetece sair de casa. Apresentamos então cinco jogos que poderão entreter o leitor durante estes dias.

Luniscite (Nintendo Switch)

        Luniscite  

Desde há uns tempos para cá que tem existido uma nova vaga de jogos que tentar transmitir o sentimento dos jogos 32bits para a nova geração. Luniscite tenta emular essa experiência no ramo das plataformas e, digamos de passagem, de uma forma magistral.

Tal como em tempos mais antigos, os jogos de plataformas eram bastante lineares. Já não se trata da confusão de explorar e tentar encontrar todas as peças do cenário, que surgirem na época da Nintendo 64 e da primeira PlayStation. Neste caso, somos Hana, uma Tanuki (ou, se quiserem numa versão mais portuguesa, um cão-guaxinim japonês) que se aventura nos seus sonhos através de sistemas de plataformas lineares.

Luniscite

Luniscite acaba por ser um jogo simples, mas que é capaz de chamar à atenção da maioria dos jogadores por esse mesmo motivo: é simples pegar, jogar um pouco e colocar o jogo de lado para experienciar outro jogo. Além disso, pode ser simples, mas, ao mesmo tempo, é bastante difícil de dominar, levando os jogadores a quererem repetir inúmeras vezes os níveis para obter o melhor tempo. Em termos gráficos, não há muito a dizer pois irá recordar a época dos primeiros jogos em 3D para a maioria dos jogadores.

Por fim, resta concluir que Luniscite é um jogo pequeno, mas empolgante, que tenta revisitar uma antiga forma de jogar e prima pela simplicidade. Com o seu baixo custo e o seu tempo de duração de cerca de duas horas para cada “corrida”, pode tornar-se um jogo que inexplicavelmente fica bem em qualquer biblioteca.

Nota: 9/10

 

NEOGEO POCKET COLOR SELECTION Vol.2 (Nintendo Switch)

NEOGEO POCKET COLOR SELECTION Vol.2

Seguindo pela linha de jogos retro, NEOGEO POCKET COLOR SELECTION Vol.2 chega com mais 10 jogos para aqueles que querem relembrar uma época dourada dos videojogos. Vale mencionar que, alguns dos jogos disponíveis nesta coleção também estão disponíveis na loja virtual da Nintendo.

Como grandes destaques desta coleção temos MEGA MAN BATTLE & FIGHTERS (que já foi analisado aqui), SNK VS. CAPCOM CARD FIGHTERS’ CLASH e THE KING OF FIGHTERS BATTLE DE PARADISE.

NEOGEO POCKET COLOR SELECTION Vol.2

Infelizmente, não há muito a dizer sobre esta coleção, a não ser que são os jogos que nos lembrávamos antes, mas agora numa consola nova e com vários motivos para fazer fãs de franquias sorrir. Destaque para a variedade de géneros que é possível encontrar nesta coleção, desde jogos de luta, a desporto, passando por jogos de tabuleiro.

Por fim, é preciso lembrar que existem jogos que estão apenas disponíveis em japonês, o que pode dificultar a experiência, mas, ao mesmo tempo podem ser explorados jogos que nunca tinha saída de terras nipônicas. Uma compilação a ter em conta.

Nota: 7/10

 

Once Upon a Jester (Nintendo Switch)

Once Upon a Jester

Já pensaram em jogar uma comédia musical na vossa Nintendo Switch? Com Once Upon a Jester é possível!

O Sok e o Jester são dois amigos que decidem que querem roubar o diamante real. Para tal, tem que fazer espetáculos de improviso para conseguirem entrar na companhia de teatro real. Preparem-se então para um conjunto de loucura e muita parvoíce ao longo desta pequena história.

Se há algo que me impressionou ao longo desta aventura, foi o facto de que os espetáculos que vamos fazendo ao longo do mesmo são completamente diferentes uns dos outros. Sim, se voltarmos a jogar o jogo, nos mesmos momentos vamos poder fazer escolhas diferentes, destacando assim o fator do improviso.

Once Upon a Jester

Neste jogo reina o humor e todas as personagens que vamos encontrando ao longo do caminho são bastante peculiares, já que cada uma reage de formas que nunca estamos à espera quando interagimos com elas. Além disso, o facto de serem todas completas em termos de voz deixa uma impressão ainda melhor.

Embarquem nesta aventura musical e abracem o bobo da corte que existe dentro de nós, enquanto fazemos algumas das melhores performances que este reino já viu.

Nota: 8/10

 

Succubus with Guns (Nintendo Switch)

Succubus with Guns

A primeira vez que vi Succubus With Guns pensei que poderia ser o substituto perfeito para a série Onechanbara na Nintendo Switch, já que tal série se mantém na PlayStation. Para entenderem o conceito que esperava é necessário ter a noção de que são jogos medíocres, mas tão medíocres, que se tornam bons.  Neste caso, estava enganado: pois é um jogo mau que é realmente mau.

Para começar não existe um fio de história coeso. Somos enviados para o mundo do jogo e toca a tentar descobrir o que fazer. Temos armas e agora? Existem inimigos para derrotar? Bem, para os descobrir demorei cerca de meia hora, porque não eram fáceis de se encontrar, principalmente porque o evento que os devia trazer não estava a ativar, nem por tudo, nem por nada.

Succubus with Guns

Além disso, graficamente é um jogo que parece ter sido lançado nos finais da primeira PlayStation e, mesmo para aquela altura, está horrivelmente mal detalhado, sem esquecer a quantidade de bugs que o jogo tem.

Se gostam de experimentar jogos maus e aproveitar preços baixos, Succubus with Guns talvez seja para o leitor, mas, parece ser daqueles jogos que ou se adora, ou se odeia.

Nota: 2/10

Super Chicken Jumper (PlayStation 4/5)

Super Chicken Jumper

Para finalizar, apresentamos um jogo que tem um background um pouco diferente: Super Chicken Jumper foi desenvolvido por um Youtuber Brasileiro que se denomina de GEMAPLYS. Conhecido pelos seus vídeos a jogar jogos péssimos (destaque para o Mineirinho Ultra Adventures) e por construir pequenos jogos, Super Chicken Jumper chega agora às consolas.

Super Chicken Jumper, na teoria, é apenas um endless runner. No entanto, se observarmos mais de perto descobrimos camadas que nunca esperaríamos.  A história, para começar é um completo absurdo, somos uma galinha contactada pela Presidente dos Estados Unidos para salvar o mundo.

Super Chicken Jumper

Preparem-se então para começar a correr por vários níveis, sem parar, enquanto tentam apanhar poderes que podem ser bons ou maus, dependendo da parte do nível em que estamos. Além disso, também é possível apanhar armas e ir conhecendo outras personagens, uma mais peculiar que a outra.

Por fim, gostaria de referir que o estilo musical e visual é simples, mas eficaz. Para um jogo independente, feito por apenas uma pessoa é talvez das melhores obras que vi nos últimos tempos. O seu preço baixo também pode compensar ver este jogo que vos irá dar diversão durante várias horas.

Nota: 8/10

Ficha técnica


Luniscite (Também disponível para PC)
Desenvolvedor: A Grumpy Fox
Distribuidor: Deck13

NEOGEO POCKET COLOR SELECTION Vol.2 (Também disponível para PC)
Desenvolvedor: SNK
Distribuidor: SNK

Once Upon a Jester (Também disponível para PC)

Desenvolvedor: Bonte Avond
Distribuidor: Crunching Koalas

Succubus with Guns (Também disponível para PC)

Desenvolvedor: Satur Cat
Distribuidor: Satur Cat

Super Chicken Jumper (Também disponível para PC, Nintendo Switch, Xbox Series X/S)

Desenvolvedor: Sewer Cat
Distribuidor: EastasiaSoft

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *