Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Cenas icónicas de poker em séries de TV

São muitos os que adoram uma cena de poker. São o cenário perfeito quer para dramatismo elevado, quer para momentos de diversão. E o pequeno ecrã tem entregado aos fãs grandes momentos ao longo dos anos.

Abaixo está um olhar sobre algumas das cenas de poker mais memoráveis que já se jogaram nos ecrãs, desde jogos amigáveis em cenários casuais e mesmo no espaço exterior, até aos assuntos tensos e de difícil resolução.

Silvio perde a calma à mesa (The Sopranos)

Não seria uma série de fiel ao tema se não houvesse uma cena de poker algures pelo meio das temporadas.

Os “Sopranos” deram os espetadores uma cena única, tensa, mas humorística, em que Silvio, o segundo no comando de Tony Soprano, puxa para si os galões na mesa. Mas, tudo corre mal e descarrega nos outros jogadores. No entanto, o melhor mesmo é assistir ao divertimento de Tony em toda a cena.

Marlon perde no poker (The Wire)

Esta cena pode ser mais memorável para o que acontece depois do jogo do que durante a mesma. Cena clássica de poker num bar. A música toca no fundo, e os rapazes estão à volta da mesa a conversar. Marlon perde, muito para o seu aborrecimento, e vai-se embora. Dirige-se a uma loja de conveniência, onde o segurança o acusa de furto quando sai e confronta-o sobre isso.

Na cena seguinte, acontece o que poucos previam. O melhor é ver esta cena de The Wire.

Raparigas versus Rapazes (Friends)

Os nova-iorquinos mais conhecidos das séries de televisão – Rachel, Ross, Joey, Phoebe, Chandler e Monica – jogam poker, ainda que com peripécias pelo meio, na primeira temporada de “Friends”.

Nessa cena, na famosa sala, o grupo senta-se para jogar e os rapazes ficam contentes por ir e cheios de confiança, porque pensam que as raparigas não sabem as regras e estratégias deste desporto normalmente praticado entre duas a oito pessoas. O que eles não sabem é que as raparigas podem e sabem jogar perfeitamente bem, o que os deixou a pensar duas vezes. Isso torna-se evidente logo desde o início quando Rachel diz que vai experimentar pela primeira vez, mas baralha as cartas sem olhar para a mesa, como soubesse o que se seguiria.

Bem, o melhor mesmo é ver este episódio! Ah e aproveitar e ver a mais recente reunião do grupo.

Trivialidades na mesa de poker (The West Wing)

Raramente alguém conseguiria ver um presidente a jogar poker, mas “The West Wing” entrega aos espetadores uma cena de poker de coração leve. É mais sobre a conversa à volta da mesa do que sobre o jogo em si. O presidente ganha o jogo enquanto envolve os outros jogadores num pouco de trivialidades.

Ele discute a língua inglesa, especialmente a pontuação, e faz com que adivinhem que fruto tem as suas sementes no exterior. (É um morango, para o caso de se estar a perguntar.)

O capitão Jean-Luc Picard junta-se a um jogo (Star Trek: The Next Generation)

Este é um tipo de cena de poker ligeiramente diferente do tipo que normalmente vemos. Para começar, está a ter lugar no espaço.

No entanto, esta versão tem mais a ver com amizade e camaradagem enquanto o capitão Jean-Luc Picard (que recentemente ganhou uma série no seu nome) senta-se para jogar um jogo com os outros tripulantes. Eles convidam-no a baralhar e ele diz-lhes que “já devia ter feito isto há muito tempo”, ao que um dos jogadores responde a dizer-lhe como teria sido bem-vindo.

Restaurante do Moe (The Simpsons)

Os Simpsons, escusado será dizer que têm sempre o Homer a cada cena, pronto para alguma peripécia, como é o caso.

Durante um jogo de poker no Moe’s Bar, ele consegue perder tudo o que tem, demonstrando uma terrível perspicácia de poker. Nem mesmo existindo a hipótese de fazer um bluff, uma vez que ele entra em cada mão sem hesitar um momento.

Com efeito, se alguma vez um argumentista de TV não tiver a certeza do que escrever ou de como desenvolver o enredo, uma boa cena de poker fará o truque. As cenas acima mostram que trabalham em vários géneros diferentes e são uma oportunidade para adicionar algum humor extra a um episódio ou para lhe emprestar algum drama. Tudo isto é bom para o público, que o irá lapidar e memorizar como um bom momento de televisão.

Para terminar, referir que todas estas séries são excelentes para quem adora maratonas e gosta de ficar colado ao ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.