Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

BD: Crítica – Adventure Time Vol. 1

adventure time comicbook Se se recordam, aquando da crítica que fiz ao Bravest Warriors, acabei por referir este trabalho de Pendleton Ward, a sua famosa criação em desenhos animados chamada “Adventure Time”.[fbshare]

Esta série prima pela originalidade e tem sido devidamente reconhecida pelos Emmy Awards, tendo sido nomeadas 3 vezes para melhor série de desenhos animados. Acaba por ser então lógico que se aproveitasse esta onda de fama de um programa que consegue agradar a crianças e adultos e o replicasse para outros formatos, nomeadamente o da banda desenhada.

A Kaboom! decidiu então apostar numa fórmula que dava provas que ia vender e ser bem recebida.
Para quem não conhece, Adventure Time passa-se na Terra de Ooo, uma terra mágica onde os humanos já não existem, excepto um, Finn que em conjunto com o seu cão, Jake (um cão amarelo que tem poderes de elasticidade), travam guerras, aventuras, onde conhecem personagens tão ou mais bizarras quanto eles.

adventure time comicbookPrimeiro como espectador e depois como leitor, é complicado dissociar a série de desenhos animados com a BD. Ainda que sejam mundos um pouco diferentes, li este volume já com o grande background das personagens e sabia o que esperar. E infelizmente este primeiro volume não é bom. Não faz justiça à série nem consegue trazer o grande equilíbrio entre dinamismo, acção e humor. Se o leitor então nem sequer conhecer os desenhos animados, é provável que não fique tão desiludido. Mas tão pouco terá a noção do verdadeiro mundo por detrás destas personagens. O argumento tem demasiadas pranchas com texto, com explicações e a acção acaba por ser pouca.Este primeiro volume reúne os 4 primeiros issues da história mais uma história extra de BMO, um computador portátil falante e com alguma personalidade à mistura que acompanha o duo principal da história.

adventure time comicbook

Ryan North, o argumentista, decidiu pegar num vilão com mais consistência “The Lich” que decide com o seu saco infinito sugar todo o planeta Terra e consequentemente o Universo. Cabe então a Finn e Jake derrotá-lo e acabam por se juntar a eles personagens secundárias bem conhecidas como a vampira Marceline, o Ice King (um rei que só pensar em raptar em casar com princesas e arqui-inimigo de Finn e Jake), Lump Princess (uma nuvem roxa que é perita em fazer gossip) ou até mesmo a paixoneta secreta de Finn, a Princess Bubblegum, uma princesa feita de pastilha elástica e cuja sua paixão são experiências científicas.

O vilão é derrotado muito facilmente e de uma forma tão básica e rápida. Dá a sensação que para fazerem esta edição tiveram que colocar muito lixo para que se justificasse, já que está recheada de ilustrações e capas que não acrescentam grande coisa. Aliás, a própria história não acrescenta nada ao universo já estabelecido na série (que já vai na 4ª temporada). Os desenhos são competentes e como é de esperar, seguem exactamente o estilo da série. Mas sinceramente o grande trunfo de Adventure Time são os argumentos surreais e divertidos. Não vão encontrar isso neste livro.

Classificação: 5/10

Miguel Peres

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=giUczQYdJzE]

previews O Lobo Mau

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.