Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Análise: Les 5 terres (Delcourt)

“As 5 Terras“ou no seu original Les 5 Terres da editora francesa Delcourt, é uma série de BD de fantasia medieval bem ao estilo da Guerra dos Tronos (George R.R.Martin) mas protagonizada por animais antropomórficos como por exemplo em Blacksad (Canales e Guarnido).

Les 5 terres

Esta mistura explosiva traz-nos uma história fantástica com um “worldbuilding” excepcional criado pelos argumentistas David Chauvel, Andoryss e 0z que aqui se unem e escrevem sob o pseudónimo Lewelyn

Os desenhos por sua vez ficam ao cargo de Jerôme Lereculey mas o projecto gráfico tem a ajuda de Didier Poli, e coloristas como Diane e Lucyd Fayolle e Dimitros Martino tal é a grandeza do mesmo. Com efeito, esta série tem previstão de ter 5 ciclos de 6 volumes cada e ao dia de hoje já vai no volume 10 em França. Por esta razão, acho muito difícil alguma editora portuguesa se aventurar a apostar nisto o que é uma pena . 

Les 5 terres

Mas vamos então ao primeiro volume designado Angleon. Num mundo formado por cinco continentes, cada um habitado por uma família de animais. Temos os ursos e lobos, os herbívoros, os macacos e os répteis. E no centro deste mundo encontramos Angleon, a ilha governada pelos felinos onde está a capital que domina o resto dos animais graças ao seu domínio dos oceanos.

O rei de Angleon, o tigre Cyrus, está no seu leito da morte. Surge o problema da sucessão pois este não tem filhos varão mas apenas filhas. O sucessor designado é o seu sobrinho Hirus, um tigre ambicioso e belicoso que não tem o apoio do conselho governante. Mas Mileria, filha mais velha de Cyrus , não se resigna e elabora um plano para chegar ao trono.

 

Seguem-se uma série de eventos, tramas e subLes 5 terrestramas com uma intensidade dramática e bem carregada de violência, política e disputas familiares com uma panóplia de personagens que vão aparecendo. De resto, facilmente nos apercebemos que haverá pontos de conexão com as diferentes tramas. 

Neste volume, a ação desenrola-se mais com base nas intrigas palacianas e tem poucas cenas de luta, há no entanto uma muito boa com um personagem que é um cão de caça (mais um piscar de olhos a Guerra dos Tronos) que nos deixa com água na boca para futuros duelos, conflitos ou mesmo batalhas vindouras.

Os desenhos são muito bonitos, detalhados e não há risco de confundir personagens da mesma espécie. Os cenários são magníficos. As cores são bem vivas e cativantes , é extremamente bem executado o trabalho de coloração.

Les 5 terres

Ficámos com a certeza que irão acontecer muitos desenvolvimentos com os personagens que aparecem e muitos mais que irão aparecer a um ritmo bem espaçado como se fosse uma série de TV. 

O final, deixa-nos também com um brutal gancho que é impossível resistir ver o que vem a seguir. 

Uma galeria de extras aparece no final do livro da Delcourt que tem o formato clássico Franco-Belga em capa dura. 

Mais sobre a série, aqui. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights