O Dia Mais Curto

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

A Seita unida para Garantir a BD portuguesa

A editora A Seita candidatou-se ao programa Garantir Cultura, criado no ano passado para compensar as dificuldades criadas pelas medidas ligadas ao Covid, e agora anuncia 8 obras + 1 projecto para um renovado percurso pela história da Nona Arte em Portugal

Garantir Cultura

A pandemia teve um impacto importante na produção de BD no nosso país, não só no número de livros editados e na sua comercialização, mas sobretudo também na produção dos autores portugueses, e na sua visibilidade, com a desaparição dos eventos, sessões de autógrafos, festivais, etc… A Seita decidiu aproveitar a existência de incentivos à criação de projectos culturais e enfrentar a pandemia, concebendo um projecto de edição com autores nacionais e para os autores nacionais. Oito livros de BD, mas também sobre BD. Os primeiros títulos “Imagens de uma Revolução: 25 de Abril e a BD”, o álbum Juventude, de Marco Mendes, e Variantes – Homenagem à BD Portuguesa estão já a começar a chegar às livrarias.

Juventude de Marco Mendes

Celebração da BD portuguesa, a que se junta também a criação de mecanismos que possam agora ajudar à internacionalização desses autores e do património nacional da BD, a proposta teve suporte fundamental do programa Garantir Cultura, em cerca de 60% do investimento, revertido para apoiar nesse período de 2021-2022 os quase 40 autores, desenhadores, gráficos e tradutores envolvidos directamente neste «Garantir BD». No total, pretendiam-se produzir oito livros de BD, mas também sobre BD, pensando formas de evidenciar um património, lançando ao mesmo tempo uma plataforma para a internacionalização.

O projecto, coordenado por José Hartvig de Freitas, no montante de mais de 80 mil euros, foi financiado em cerca de 60% do investimento total pelo programa Garantir Cultura, e contemplou oito livros inéditos a editar. De BD e sobre BD, com vários tipos e géneros, prevendo tanto a produção de obras inéditas, como a resenha histórica e a reflexão sobre a BD portuguesa, envolvendo também a Associação Turbina, há muito ligada à edição de BD, e o selo Comic Heart, que precede a própria existência da editora A Seita.

O apoio obtido visava beneficiar directamente não só os autores, remunerando de maneira justa o trabalho criativo – escrita, desenho e aplicação de cores, tantas vezes tão mal pagos no nosso mercado – mas também os muitos profissionais que trabalham no sector e que tiveram muito menos encomendas ao longo de 2020: designers, legendadores, animadores para vídeo trailers, gráficos e digitalizadores.

Parte do projecto contemplou também um orçamento para a tradução para inglês de um conjunto de obras de BD relevantes, bem como a sua paginação e legendagem, e transformação em versão digital para venda online através de parcerias com plataformas internacionais, e para divulgação nos mercados de direitos de obras de BD.

Dos oito livros produzidos, três estão já disponíveis (ou chegarão às livrarias nos próximos dias):

“Imagens de uma Revolução: O 25 de Abril e a BD”Imagens de uma Revolução: O 25 de Abril e a BD

Escrito por três grandes especialistas de BD em Portugal, é um livro de ensaio ilustrado, que procura documentar e reflectir sobre a forma como o período da ditadura salazarista, da guerra colonial e da revolução de 25 de Abril que lhes pôs termo, foram abordados pela BD, tanto de autores nacionais como estrangeiros. Baseado em projectos anteriores dos mesmos autores ligados a uma exposição comemorativa do 25 de Abril, este volume actualizou os últimos 20 anos de produção de BD nacional, com inúmeras referências novas, e capítulos adicionais.

“Juventude”, de Marco Mendes

Juventude de Marco MendesDepois de “Diário Rasgado”, “Anos Dourados”, “Zombie” e “Tutti Frutti”, Marco Mendes preparou uma crónica em BD onde iremos acompanhar o percurso e evolução de um jovem artista, em transição para a idade adulta. Relato em parte auto-biográfico e tocante de uma juventude, porventura a do autor, é também uma obra muito original, contada através de imagens de página inteira e sem texto. (editado em parceria com a Turbina)

“Variantes” – Uma Homenagem à BD portuguesa

VariantesProposta de homenagem à BD portuguesa, através de um percurso pela sua história, autores e obras emblemáticas, cujas pranchas escolhidas são recriadas por alguns dos desenhadores mais representativos das gerações actuais. O volume completa-se com textos evocativos de cada autor e obra assim homenageados. Extenso repositório da história da BD portuguesa até 2000, que junta criadores, críticos e especialistas, e descoberta do património da Nona Arte portuguesa de uma forma atenta e apaixonada, explorando as mais diversas vertentes, começando pelo início e pelas primeiras obras de Bordallo Pinheiro, este álbum implicou a encomenda de 24 pranchas originais de BD e outros tantos textos a duas dúzias de criadores e especialistas. (editado em parceria com a Turbina).

Entre o Fórum Fantástico, evento dedicado à FC, à fantasia, BD e cinema (que aconteceu entre 30 de Setembro e 2 de Outubro), e o Festival Amadora BD (entre 20 de Outubro e 30 de Outubro), serão lançados os outros 5 livros que pertencem ao projecto “Garantir BD”. 

“Conversas de Banda Desenhada”, por João Miguel Lameiras e Carina Correia

“Dragomante II: Prova de Fogo”, de Manuel Morgado e Filipe Faria

“O Bestiário da Isa”, de Joana Afonso

“Quero Voar”, de Cátia Sousa

“Tex: Mais que um Herói” de Mário Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *