Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

5 lançamentos do cinema europeu para ficar de olho

O cinema feito em nosso continente pode não ser tão prestigiado como o produzido em Hollywood, mas sempre nos reserva grandes obras.

Por isso, preparamos uma lista com 5 filmes europeus que estrearam recentemente ou estão perto de serem lançados e que vem causando boas impressões nos festivais por todo o mundo. Vale a pena acompanhar e viajar por toda a Europa através destas novidades.

The Worst Person in the World – Noruega

O cinema norueguês sempre nos traz bons filmes devido ao alto investimento do estado na formação de cineastas. The Worst Person in the World estreou no festival de Cannes deste ano e é o terceiro filme de uma trilogia composta também por Reprise (2006) e Oslo, August 31st (2011). A história acompanha a vida de uma personagem ao longo de 4 anos, período decisivo para sua vida amorosa e profissional, mas de uma maneira satírica com a atual geração.

Benedetta – Países Baixos

Benedetta causou um enorme alvoroço entre os críticos. A história, que narra um romance homossexual entre duas freiras, foi baseada em fatos reais, inspirados pela freira Benedetta Carlini. Tudo se passa no século 17. Enquanto alguns amaram a produção, outros ficaram chocados com as cenas quentes e a obra recebeu até acusações de blasfémia. Antes de estrear, o filme já teve um expressivo número de buscas feitas pela população neerlandesa, segundo o portal local Adviersjagers. Sem dúvida, será um dos mais falados do ano.

In The Dusk – Lituânia

In The Dusk foi lançado no início do ano, passa-se na Lituânia de 1948 e trata da resistência da população local contra a ocupação soviética na região, através da visão do protagonista, um jovem de apenas 19 anos. As partes históricas misturam-se com as batalhas do dia-a-dia do personagem e, por isso, o filme consegue oferecer doses de romantismo, mas também de violência.

El Olvido que Seremos – Espanha

El Olvido que Seremos aborda a vida de Héctor Abad Gómez, um médico colombiano que dedicou sua vida em prol da luta pelos direitos humanos. Mas, um dos grandes atrativos é que o filme é baseado em um livro escrito pelo seu próprio filho, Héctor Abad Faciolince, que também participou da adaptação para o cinema. O cenário da história é a Colômbia dos anos 80, dominada pelo tráfico de drogas que causava muita violência e destruição na região.

Especiais – França

Especiais (podem ler a nossa análise aqui), que estreou no ano passado, conta a história de dois homens que se dedicam há duas décadas aos cuidados com crianças e adolescentes autistas. Ambos são especialistas em casos de alta complexidade, quando os jovens passam por situações de vulnerabilidade socioeconómica. Sem dúvidas, é um filme que pode causar muitas reflexões e ainda trazer momentos emocionantes e divertidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.