Ronda de Análises: Outbreak: The Nightmare Chronicles, Strife: Veteran Edition e Seven Knights – Time Wanderer -.

Hoje trazemos mais uma ronda de análises a videojogos. Aqui, iremos apresentar entre três a cinco jogos, e pequenas análises sobre os mesmos. Os jogos desta vez serão Outbreak: The Nightmare Chronicles, Strife: Veteran Edition e Seven Knights – Time Wanderer -.

Outbreak: The Nightmare Chronicles (Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e PC)

Outbreak: The Nightmare Chronicles

Depois do lançamento de Outbreak: Epidemic, que falamos numa livrestream feita no nosso canal de Youtube, eis que somos brindados com Outbreak: The Nightmare Chronicles. Se o primeiro que vos falei acabava por prestar homenagem aos Resident Evil mais recentes (a partir do Resident Evil 4 até ao Resident Evil 6, mais coisa, menos coisa), este jogo traz uma homenagem à trilogia clássica da série.

Portanto, estejam preparados para controlos um pouco estilo “tanque”, como estamos habituados na PlayStation original. Porém, ao contrário dos Resident Evil originais não é um jogo com uma grande história e que, por alguma razão, vai atrás do susto fácil, tornando-se aborrecido a certa altura.

Outbreak: The Nightmare Chronicles

Tal como o anterior, tem uma dificuldade bastante agressiva e para gravar o jogo temos apenas alguns locais para tal, mas que são muito escassos, voltando assim a ser uma pequena homenagem aos survival horror dos anos 90.

Para concluir, apenas quero dizer que Outbreak: The Nightmare Chronicles é um jogo perfeito para os puristas do survival horror. No entanto, um jogador novo ou que nunca tenha apreciado muito este tipo de gênero não vai gostar propriamente do jogo.

Nota Final: 6/10

 

Strife: Veteran Edition (Nintendo Switch e PC)

  Strife: Veteran Edition

Strife: Veteran Edition é um jogo, no mínimo, complexo de se entender. Pensem num jogo de tiros dos anos 90 e juntem também um RPG pelo meio e assim nasce Strife.

Neste jogo, vivemos numa Terra onde o caos e a destruição foram causadas por um cometa. Como consequência, um grupo de mutantes criados através deste cometa querem dominar o mundo e nós como mercenários temos que impedir tal, descobrindo as cinco peças de um objeto misterioso denominado de Sigil.

  Strife: Veteran Edition

Se é um jogo simpático? Definitivamente não tem nada de simpático, especialmente para novos jogadores que são logo transportados para a ação mal colocam os pés na tela inicial do jogo.  Mas, ao mesmo tempo, com aqueles gráficos mais retro, acaba por interessar e apaixonar qualquer um. Pensem num Skyrim futurista feito na década de 90 e irão entender o que quero transmitir.

  Root Double -Before Crime * After Days- Xtend Edition anunciado!

Resta concluir que, Strife: Veteran Edition é uma bela escolha para aquelas noites mais frias. Com uma história evolvente e com uns gráficos e sons bastante atraentes, aliados à jogabilidade impecável, está aqui um jogo que irá arrancar-vos bastante tempo.

Nota Final: 8/10

Seven Knights – Time Wanderer – (Nintendo Switch)

Seven Knights – Time Wanderer -

Pelo menos para mim, a Netmarble não é completamente desconhecida. É um nome forte do mercado de jogos para smartphone e agora decidiu dar o salto para a Nintendo Switch com este Seven Knights – Time Wanderer – .

Neste RPG mais tradicional, começamos por controlar Vanessa, uma descendente de uma linha de magos que acidentalmente entra numa dimensão desconhecida e tem de descobrir como sair dali. Além de Vanessa, temos várias personagens que podemos controlar ao longo do jogo (utilizando no máximo 5 em combate). Em combate, temos que utilizar a fórmula de pedra-papel-tesoura já habitual do gênero e também temos que ter em conta o tempo, já que as batalhas são em tempo real (um pouco como acontece em Atelier Ryza).

Seven Knights – Time Wanderer -

No entanto, não consegui deixar de sentir que estava a jogar um jogo para smartphone. Porque era a realidade. Este é um jogo de smartphone pago, que podemos jogar normalmente numa vertente grátis. Não consigo censurar os desenvolvedores, mas, ao mesmo tempo, senti uma história básica, com movimentos básicos e também com poucas missões secundárias (quando digo poucas missões secundárias, falo da sua variedade).

Por fim, gostaria apenas de referir que, mesmo sendo um jogo de smartphone pago, a realidade é que estamos perante um RPG sólido e capaz de valer umas valentes horas aos jogadores, especialmente para o preço a que está disponível.

Nota Final: 7/10

Ficha Técnica

Outbreak: The Nightmare Chronicles

Desenvolvedor/Distribuidor: Dead Drop Studios

Strife: Veteran Edition

Desenvolvedor/Distribuidor: Nightdive Studios

Seven Knights – Time Wanderer –

Desenvolvedor/Distribuidor: Netmarble Corporation

António Moura

Um pequeno ser com grande apetite para cinema, séries e videojogos. Fanboy compulsivo de séries clássicas da Nintendo.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *