Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Passos no Escuro: Fevereiro traz Andy Warhol em dose dupla

O Passos no Escuro está de volta, mas desta vez com um novo formato.
Depois de uma exibição piloto, que encheu o auditório do Passos Manuel no Porto para celebrar o Halloween, 2022 traz a iniciativa de volta em formato bi-mensal, com duas sessões por mês.

Sangue virgem para Drácula

Os dois filmes escolhidos para Fevereiro são duas obras menos conhecidas no espólio de Andy WarholCarne para Frankenstein e Sangue Virgem para Drácula. Para ambos os casos, pede-se ao público que deixe o bom-gosto à porta e se prepare para um festival de depravação, em iguais partes grotesco e hilariante. Há quem diga que, no que toca às interpretações, estamos perante uma versão de terror do filme The Room, considerado o melhor pior filme de sempre, mas com um toque bem mais certeiro e propositado no que toca à sátira.

O elenco dos dois filmes é praticamente o mesmo. Udo Kier, visto recentemente em Bacurau e Swan Song, interpreta o Barão Frankenstein num filme e o Conde Drácula noutro, a ele junta-se Joe Dallessandro, que acaba (em ambos os casos) por ser o herói com mais músculos que cabeça. Sangue virgem para Drácula conta também com a participação de Vittorio de Sica, o realizador de (entre outros) Ladrões de Bicicletas.

Paul Morrissey é o realizador de serviço e recusa-se a dar qualquer tipo de crédito a Andy Warhol, chegando mesmo a dizer que de artista ele não tinha nada, mas estamos a falar do homem que chegou a ser agente dos icónicos Velvet Underground, uma banda que agora categoriza como lixo.
O que é certo é que estes dois filmes são uma crítica aguçada a todos os costumes conservadores e fizeram furor em muitas sessões de meia-noite espalhadas por esse mundo fora. As versões apresentadas no cinema Passos Manuel, nos dias 2 e 16 de Fevereiro, são duas restaurações 4K feitas a partir dos negativos originais, exibidas na íntegra e legendadas em português.

Carne para Frankenstein

A iniciativa Passos no Escuro dedica-se a trazer o cinema de terror e de culto novamente à sala de cinema, proporcionando verdadeiras experiências coletivas e exibindo filmes que merecem ser vistos em grupo. No passado dia 31 de Outubro, a exibição de Soro Maléfico contou com as participações via vídeo do produtor (Bryan Yuzna) e da atriz principal do filme (Barbara Crampton). Outras presenças especiais incluem Greg Sestero, ator do filme The Room, e o elenco de Mutant Blast, o primeiro filme pós-apocalíptico português, com produção a cargo do estúdio independente norte-americano Troma. Em 2022 esperam-se mais surpresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.