Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Oscars 2024: os ignorados pela Academia.

O anúncio das nomeações aos Oscars nunca é consensual! A lista dos nomeados para a 96.ª edição surpreende pela ausência de alguns nomes que contribuíram para o cinema de Hollywood em 2023. Conheça alguns nomes.

A lista dos nomeados para a 96.ª edição (recordar aqui) surpreende pela ausência de alguns nomes que contribuíram para o cinema de Hollywood em 2023. Vamos a alguns casos que, já sabemos que, não vão receber o Oscar na noite de 10 de março.

Um Caroço de Abacate
Um Caroço de Abacate

As Curtas

Pelo segundo ano consecutivo uma curta-metragem portuguesa não chega à lista final dos cinco títulos nomeados na categoria de Melhor Curta-Metragem. Ou seja, depois de Lobo Solitário, de Filipe Melo, este ano Um Caroço de Abacate, de Ary Zara, não conseguiu um lugar entre os cinco títulos nomeados.

Se se pensava que este ano a lista de nomeados para Melhor Curta-Metragem se limitaria a cineastas consagrados e de renome mundial, eis que a Academia deixa de fora das nomeações finais Estranha Forma de Vida, a curta de Pedro Almodóvar com Ethan Hawke, Pedro Pascal e José Condessa.

Strange Way of Life
Manu Ríos, Pedro Almodóvar e Pedro Pascal nas filmagens de “Estranha Forma de Vida”


Mas nisto de curtas-metragens, é notória também a ausência do pequeno filme evocativo do centenário da Disney, Era Uma Vez um Estúdio, na lista de nomeados a Melhor Curta-Metragem de Animação.  

Era Uma Vez Um Estúdio

American Symphony, documentário sobre a vida e carreira musical de Jon Batiste produzido por Barack e Michelle Obama não conseguiu ficar entre os indicados para Melhor Documentário.

May December
May December – Segredos de um Escândalo

As interpretações

Julianne Moore e Charles Melton viram as suas interpretações em May December – Segredos de um Escândalo ignoradas pela Academia, como Melhor Actriz Secundária e Melhor Actor Secundário, respectivamente. Assim como, Natalie Portman não recebeu a nomeação a Melhor Actriz pela interpretação no filme de Todd Haynes.

Nas interpretações femininas são notórias diversas ausências na lista de nomeadas a Melhor Actriz.
Fantasia Barrino é Celie em A Cor Púrpura, numa interpretação considerada – por muitos profissionais e críticos – como das melhores do ano. A Academia não foi em “cantigas”.

A Cor Púrpura
A Cor Púrpura

Greta Lee começou a temporada de prémios como uma fortíssima candidata pelo seu desempenho em Vidas Passadas. No entanto, a sua interpretação como Nora foi ignorada na lista final da Academia como candidata ao Oscar para Melhor Actriz.

Assassinos da Lua das Flores
Assassinos da Lua das Flores

Assassinos da Lua das Flores recebeu dez nomeações aos Oscars, no entanto, a Academia não reconheceu merecedora de nomeação a interpretação de Leonardo DiCaprio, como Melhor Actor, bem como incluir o filme na lista dos nomeados da categoria para Melhor Argumento Adaptado.

As músicas da Academia

A intensidade de A Zona de Interesse é também conseguida pela banda sonora composta por Mica Levi, resultando numa assustadora personagem. A Academia teve outra interpretação e surpreendeu na lista de nomeados a Melhor Banda Sonora Original.

Super Mario Bros. O Filme
Super Mario Bros. O Filme

“Peaches”, tema musical de Super Mario Bros. O Filme foi das primeiras músicas cinematográficos a perfilar-se na lista para Melhor Canção. Só que não chegou a acontecer a nomeação.

De fora da lista de Melhor Canção ficou igualmente “Dance The Night”, de Dua Lipa, da banda-sonora de Barbie. Assim como “Catch me Now”, de Olivia Rodrigo, da banda sonora de Jogos da Fome: A Balada de Pássaros e Cobras, e o mesmo destino teve “Road to Freedom”, de Lenny Kravitz, presente na banda sonora de Rustin.

Barbie
Barbie

O (quase) ano de “Barbie”

Margot Robbie poderá subir ao palco para receber o Oscar de Melhor Filme, por Barbie. Ou Greta Gerwig receber o Oscar por Melhor Argumento Adaptado. No entanto, elas personificam as maiores ausências da edição deste ano dos Oscars.

Barbie foi o estrondoso sucesso do ano, graças ao trabalho empenhado destas senhoras. Margot Robbie é a  Barbie em carne e osso do século 21, num desempenho que resultou muito além da sala de cinema.

E a realização de Greta Gerwig contribuiu para o pleno funcionamento da sinergia entre actriz/ produtora e argumentista/realizadora. A Academia não incluiu Robbie na lista de nomeadas para Melhor Actriz nem Gerwig na lista de Melhor Realização.

saltburn
Saltburn

O excluído

Saltburn, nova sátira cruel de Emerald Fennell, foi completamente ignorado. Seria expectável a nomeação para Melhor Argumento Original, bem como o reconhecimento pela interpretação de Barry Keoghan, nas nomeações para Melhor Actor, e Jacob Elordi na lista para Melhor Actor Secundário. O filme não conseguiu qualquer nomeação.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights