Monumental com nova programação em Março

A partir de Março, o Monumental tem uma programação nova, divididas por várias secções e repletas de grandes novidades que irão ocupar os sábados e domingos da sua sala nobre, o Cineteatro Monumental.

EstacaoDoDiabo_01

A secção de Estreias, a programação arranca sábado, 2 de Março com A Estação do Diabo, pelo filipino Lav Diaz, uma ópera-rock a preto e branco, considerado um filme de culto, contando com três sessões únicas nos fins-de-semana de 2, 9 e 31 de Março.

Também nesta secção está John McEnroe: O Domínio da Perfeição de Julien Faraut, sobre um dos melhores tenistas do mundo. O filme fez parte da selecção da 68ª Berlinale e foi premiado na 12ª edição do Lisbon & Sintra Film Festival, tendo uma antestreia no domingo, 3 de Março, às 19h45.

Outro dos destaques é Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos de João SalavizaRenée Messoratendo ganho o Prémio Especial do Júri – Un Certain Regard na última edição do festival de Cannes, onde podemos mergulhar na vida de um casal de Índios do Estado de Tocatins. Podem ver este filme numa sessão especial no domingo, 10 de Março, pelas 18h00, contando com a presença dos realizadores. Ainda em contexto desta sessão especial, haverá outra de 3 Curtas de João Salaviza, apresentadas pelo próprio, onde poderão ver Arena (2009), Rafa (2012) e Altas Cidades de Ossadas (2017), todas elas premiadas em diversos festivais.

A Pereira Brava de Nuri Bilge Ceylan, seleccionada no Festival de Cannes de 2018 é outro dos destaques a verem no dia 16 de Março, pelas 21h00.

Tim Burton regressa ao grande ecrã com a sua adaptação do clássico da Disney, com Dumbo, que terá a sua antestreia no dia 24 de Março, às 19h00.

Encerrando esta secção de antestreias está L’Homme FIdèle, realizado e protogonizado por Louis Garrel, tendo a sua mais recente obra a ser bem recebida pelos críticos e o público francês. A não perder no dia 30 de Março, às 21h30.

LHommeFIdele_01

É de salientar que o aclamado filme Roma, de Alfonso Cuarón, ainda estará em exibição após anúncio do seu destino nos Óscares da Academia, sendo estas sessões as últimas oportunidades de apreciarem um dos grandes filmes do ano em todo o seu esplendor, acompanhado por um som em 7.1, essencial para a derradeira experiência. Roma estará em exibição nos dias 2,10, 16, 23 e 31 de Março.

  Disney e Marvel anunciam novas datas de estreia

Roma_03

Complementando esta grande programação estão as secções de Inéditos, Cineclube e Raríssimos, cujas sessões especiais contarão com a presença de actores, artistas, escritores e outros convidados.

Na secção Inéditos, o filme Fado Maior e Menor,  uma das grandes obras de Raúl Ruiz, poderá ser conhecida a 9 de Março, pelas 17h00. Ainda com Ruiz, mas com Proust, está o destaque na secção Cineclube, com a versão digital restaurada de O Tempo Reencontrado.

No final de Março, Salvador Sobral irá apresentar o seu filme escolhido para a rubrica “A Escolha de…”, com Paris, Texas, a obra-prima do realizador Wim Wenders, vencedor da Palma de Ouro de Cannes em 1984. Esta sessão especial irá decorrer no domingo, 24 de Março, pelas 15h30.

Na secção Rever e com mais 10 nomeações para os Óscares, A Favorita, agora em exibição, será acompanhada com a mostra de dois outros filmes do realizador grego Yorgos Lanthimos, com O Canino a ser exibido a 2 de Março, às 19h30; e A Lagosta, no dia 9 de Março, às 14h30, dando uma oportunidade de ver ou Rever duas obras dum dos grandes realizadores dos últimos tempos.

Também nesta secção, podemos contar com filmes do realizador japonês Hirokazu Kore-eda, que venceu a Palma de Ouro na última edição do festival de Cannes e está nomeado para o Oscar do Melhor Filme Estrangeiro, onde poderemos rever os premiados Andando (2008), no dia 3 de Março, às 17h30; e Ninguém Sabe (2004), no dia 30 de Março, às 15h00.

Antecipando a estreia do novo filme de Jia Zhang Ke, Ash Is Purest White, irá ser exibido Still Life, vencedor do Leão de Ouro de Veneza em 2006 a dia 3 de Março, às 15h00; e Plataforma, a sábado 16 de Março, às 15h00.

Lars Von Trier faz nova aparição no cartaz e vamos poder rever Dogvillea 17 de Março, pelas 15h00; e Dancer In The Dark, premiado com a Palma de Outro e Prémio de Melhor Actriz, para Björk, em Cannes em 2000, a 23 de Março, às 21h30.

Ainda com a estreia do novo filme de Nuri Bilge Ceylan, a secção Rever irá exibir duas das suas outras obras, com Sono de Inverno, a 23 de Março às 17h45; e Era Uma Vez na Anatólia, a sábado, 30 de Março, às 18h00.

A programação de Março fecha com O Rei das Rosas, de Werner Schroeter, no dia 31, às 21h30.

 

Ricardo Du Toit

Fã irrepreensível de cinema de todos os géneros, mas sobretudo terror. Também adora queimar borracha em jogos de carros.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *