Instaverso, a nova série da RTP Play

E se pudesse viver dentro dos posts da sua influencer favorita? É a questão em torno de Instaverso, a nova série portuguesa a ser disponibilizada na plataforma RTP Play.

A partir de um olhar desafiante sobre o lado mais negro da tecnologia e a perversidade das redes sociaisInstaverso é uma história no género drama/fantasia, sobre uma rapariga que descobre um portal para dentro dos posts da sua influencer favorita, e se vê dividida entre dois mundos que nem sempre coincidem: a vida real e a vida virtual. No mundo real, Miguel fica assustado com o desaparecimento súbito da namorada e tenta descobrir-lhe o paradeiro. Enquanto Inês, aka Inêsperada, desvenda a origem de uma foto estranha em que ela aparece ao lado de uma rapariga de quem nunca ouviu falar…

Instaverso é uma série de ficção RTP Lab, protagonizada por Teresa Tavares e Beatriz Barosa, com Luís Garcia, Pedro Lacerda e a participação especial de Nuno Markl e Sónia Araújo.

Instaverso é a história de uma rapariga dividida entre  dois mundos que nem sempre coincidem: a vida real e  a vida virtual. Uma série sobre o lado negro da  tecnologia e a perversidade das redes sociais, na forma  como moldam as nossas expectativas e relações.  Para além das aparentes vantagens de comunicação,  começamos também a observar os desafios e impactos  negativos das redes sociais nas pessoas e na  sociedade, desde a depressão às síndromes de  ansiedade, como a FoMO (fear of missing out) – o  receio de estar a perder alguma coisa entusiasmante,  algures no mundo, muitas vezes despoletado pela  visualização de posts de outras pessoas).
As frustrações relacionadas com as redes parecem  advir paradoxalmente do facto de os utilizadores serem  expostos e partilharem apenas o lado risonho, leve e  divertido das suas vidas, aliado aos fenómenos da  fugacidade da imagem, do culto do ego e da  improdutividade das redes como fim em si mesmas, em  que a felicidade e o entretenimento são uma constante.
Sob o mote provocador ‘a felicidade é sempre boa,  mesmo quando falsa’, Instaverso nasce a partir da ideia  de que há um conjunto de vidas paralelas, numa outra  dimensão, povoada de avatares pessoais que não são  as pessoas que os originaram, mas apenas a parte que  elas escolheram mostrar aos outros (e a si próprias).

  "Tudo Acaba Agora" é o novo filme de Charlie Kaufman

Beatriz Barosa é Maria
Eterna insatisfeita, um pouco ansiosa  e muito insegura. Wannabe influencer  e viciada em redes sociais, fica horas  a fazer scroll até ao infinito do feed,  onde a vida é tão melhor.

Luís Garcia é Miguel
O namorado de Maria, um tanto ingénuo e bastante sonhador.  Contrasta com ela por ser um eremita  das redes sociais, receoso do vício e  adepto dos encontros olho no olho.

Teresa Tavares é Inês
Aka Inêsperada, é influencer de lifestyle e faz da felicidade uma profissão.  Online, é confiante, divertida, sexy e  inteligente, porém em offline há um lado  lunar escondido dos fãs.

Pedro Lacerda é Rogério
O agente implacável de Inês. Com poucos  escrúpulos e sem papas na língua, está sempre à caça das tendências e, apesar  do modo excêntrico, a sua praia são os  bastidores.

A série é composta por 5 episódios de 15 minutos, que podem ser vistos gratuitamente na plataforma de streaming RTP Play. A estreia do 1º episódio acontece no dia 20 de Abril, às 12h, sendo os episódios seguintes disponibilizados semanalmente, à segunda-feira.

Instaverso é uma produção Pixbee, com realização de António Sequeira e argumento de Rodrigo Prista.

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *