Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

IndieJúnior: falta um mês para a piscina

De 27 de Abril a 7 de Maio, a festa do cinema está garantida para os mais jovens no IndieJúnior, com um programa especial repleto de novidades. O melhor do cinema infantil e juvenil pode ser visto no Cinema São Jorge, Culturgest, Cinema Ideal, Biblioteca Palácio Galveias e, pela primeira vez, na Piscina da Penha de França, que vai receber uma sessão especial – e dentro d’água – no último dia de festival. Haverá espaço para sessões de cinema para todas as idades, para escolas e famílias, um cinema de colo para bebés, oficinas, um filme-debate em parceria com o Plano Nacional das Artes, a festa ao ar livre no jardim das Galveias, e muito mais.

Uma Tarde na Piscina
Uma Tarde na Piscina


Começando pela novidade, a sessão Curtas na Piscina + 6 Anos está marcada para dia 7 de maio, às 11h30 e às 16h30, na Piscina da Penha de França. Uma sessão de curtas-metragens divertidas, em volta da temática da água, banhos e piscinas, num ambiente inédito e cheio de salpicos – uma excelente forma de comemorar o dia da mãe. A sessão começa com o Salto de Girafa, numa piscina olímpica deserta. Depois temos o filme  Piscina,  onde um homem espera que a noite caia para mergulhar “sozinho” na piscina pública da cidade. De seguida podemos ver Uma Tarde na Piscina, onde mil e uma peripécias vão acontecer! Onda de Calor é o quarto filme desta sessão e leva-nos ao calor de uma praia na Grécia, onde duas crianças encontram uma maneira de refrescar toda a gente. Em O Paraíso dos Gatos, parece que Percy encontra o  lago certo para relaxar mas nem mesmo estar na toalha é tão seguro quanto parecia… A sessão na Piscina termina com Tinta, onde acompanhamos um polvo que apenas quer que o vidro que enquadra o seu habitat esteja completamente limpo. Para esta sessão tem que chegar 30 minutos antes, trazer fato de banho, toalha, chinelos e touca. A Piscina contará com um nadador salvador e boias. Nessa noite, o conceito estende-se aos mais velhos, com uma nova sessão de curtas.

Yuku e a Flor dos Himalaias
Yuku e a Flor dos Himalaias


Outra novidade – este ano o programa do IndieJúnior inclui uma longa-metragem! Yuku e a Flor dos Himalaias, da dupla Rémi Durin e  Arnaud Demuynck, acompanha a longa jornada de Yuku à procura da flor do Himalaias, que quer oferecer à avó antes dela partir. O filme é falado em francês com legendas em português e em inglês, para +8 anos. A primeira exibição é dia 1 de maio, às 15h, no Cinema São Jorge. Repete dia 6, sábado, às 15h, na Culturgest.


Na secção Curtas para toda a família (+3 anos), o destaque vai para Confusão nas Varandas, de Quentin Haberham, um divertido filme holandês sobre uma mulher rica que é obrigada a mudar-se para um pequeno apartamento, onde choca com os hábitos do vizinho. Nas Curtas +6 anos, o belíssimo e disruptivo Jogo Cruzado usa o ponto-cruz como meio para contar uma história sobre amizade. Para as crianças +8 anos, uma secção que se estreia nesta edição, o destaque vai para Coisas Nunca Antes Vistas!, sobre os esforços de uma criança para recuperar a televisão da sua avó, a sua única janela para o mundo. Tematicamente mais sóbrio, Magma foi o filme escolhido pelos alunos do segundo ciclo da Escola Básica São Bruno, em Caxias, no âmbito do programa Eu Programo um Festival de Cinema, para +10 anos. O filme trata das dificuldades de uma rapariga em lidar com o pai, que teve um acidente de mota. Para o 3º Ciclo / +12 anos, a escolha dos alunos foi para Amigos de Verão, sobre dois amigos de sempre que questionam a sua amizade depois de conhecerem Lucie, uma jovem de passagem pela ilha onde vivem.

onfusão nas Varandas
Confusão nas Varandas


As actividades paralelas do IndieJúnior têm uma série de oficinas e brincadeiras para os mais novos. No dia 4 de maio, na Biblioteca Palácio Galveias, está marcado o Filme Debate com o tema Descoberta de Si – Crescimento na Puberdade, para +10 anos. Para esta sessão foram convidadas pessoas de diferentes áreas – artes, educação e saúde –  para uma conversa moderada pela subcomissária do Plano Nacional das Artes, Sara Brighenti, na Sala Polivalente da Biblioteca Palácio Galveias. A partir do filme Os Montes da Gaby, de Zoé Pelchat, é lançado o debate aos jovens sobre a descoberta de si e o crescimento na puberdade. Iniciativa em parceria com o Plano Nacional das Artes. 


As Oficinas para Famílias estão separadas por idades, com actividades adequadas a cada grupo etário. Na Oficina Cinema de Colo 1-2 anos, a que chamam Entre Poças e Borrifos, água, cor, imagens em movimento, som e outros elementos sensoriais vão tornar esta micro-oficina num espetáculo que irá despertar sensações e risos para pais e bebés. A 1 e 7 de maio, às 15h, na sala 2 do Cinema São Jorge, pela  mão d’A Porta Amarela, um projeto de mediação artística. 

Os Montes da Gaby
Os Montes da Gaby


A oficina Mergulho Silencioso é dedicada a crianças com mais de cinco anos. Esta oficina está marcada para dia 29 de abril no Palácio Galveias e concebida e dinamizada pela educadora Ana Teresa Magalhães e pelas Edições Orfeu Negro. Nesta oficina, mergulha-se para além do que é visível, deixar que o espanto nos comova e descobrir novos horizontes que, num primeiro olhar, ninguém vislumbrou. Com lápis branco, são traçados desenhos invisíveis e, com a ajuda da poeira do carvão, encontram lugares e personagens que habitam a nossa imaginação. Inspirada no livro A Piscina, de Jihyeon Lee, das edições Orfeu Negro (colecção Orfeu Mini). Dia 29 de abril, no Jardim da Biblioteca Palácio Galveias, a oficina de expressão plástica Construímos Sinais Diferentes é concebida e dinamizada pelo projecto pedagógico ‘Pela Cidade Fora’, da EMEL onde se pode aprender sobre os diferentes tipos de sinais de trânsito e perceber a importância que cada um tem na nossa vida. No sábado seguinte, dia 6 de maio, às 15h, na Biblioteca Palácio Galveias acontece uma oficina de som, desenho e movimento, Caixinha de Aaaah!, concebida e dinamizada por Baleia – Artes e Infância. Pensada a partir do filme Aaaah! ,esta é uma oficina para descobrir e criar sons a partir de imagens e desenhos que um dia podem ser sons. Na mesma tarde, mas no Cinema São Jorge, outra oficina, desta feita concebida e dinamizada por Claude Delafosse, o realizador de Como Ganhei as Minhas Rugas – que pode ser visto na sessão Curtas para Toda a Família + 3 anos – ensina como Domar um Dragão! Criar e animar dragões, usando pequenos objetos e plasticina, será o grande objectivo assim como conhecer melhor como o realizador faz os seus filmes.
 

A antecipação desta edição do IndieJúnior está marcada para a tarde de 16 de abril, na Musa de Marvila, com  uma sessão de cinema com curtas da última edição do festival, para maiores de 6 anos, jogos de ping pong, comes e bebes e dj-set de Miss Playmobile num terraço com escorregas e esplanada para deleite de pais e filhos. Para escolas, a antevisão do festival está marcada para as 19h da próxima quinta-feira, dia 30 de março, na Biblioteca Palácio Galveias.  

 

A programação completa, assim como a grelha de sessões e a venda de bilhetes, estarão disponíveis em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights