Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Histórias de Fantasmas do Japão

“Histórias de Fantasmas do Japão” é um livro único, de beleza rara, que celebra o Japão. Dez histórias que representam um país, a sua cultura e assuas tradições.

Lafcadio Hearn apaixonou-se de tal forma pelo Japão que ali se naturalizou e viveu, no final do século XIX deixando um legado de valor incalculável: recolheu, fixou e escreveu as melhores histórias de fantasmas do folclore japonês. Também Benjamin Lacombe se apaixonou pelo Japão, oferecendo-nos agora uma viagem mágica pelas dez melhores daquelas histórias, através das suas ilustrações – delicadas e com uma força incrível, parecem flutuar entre as páginas de texto, espantando e assombrando o leitor.

Histórias de Fantasmas do Japão

Lafcadio Hearn (1850-1904)

Nascido em 1850, Patrick Lafcadio Hearn teve um princípio de vida difícil: após o falecimento dos pais, foi criado por uma tia, em Dublin, e, aos dezasseis anos, perdeu uma vista numa brincadeira com os colegas de escola que correu mal. Rejeitado pela família, trocou a Irlanda por Inglaterra e depois por França, antes de se instalar nos Estados Unidos da América, onde se tornou jornalista no Enquirer.

Descobriu a cultura japonesa por intermédio de contactos com o embaixador do Império do Japão. Em 1874 – numa época em que os casamentos mistos eram ilegais -, Hearn contraiu matrimónio com Althea «Matthie» Foley, de origem mestiça. Quando esta união foi descoberta, despediram-no e começou a trabalhar para o jornal concorrente, o Cincinnati Commercial. Interessou-se pela cultura crioula de Nova Orleães, tendo publicado, em 1885, um dicionário de provérbios crioulos e uma coletânea de temática culinária.

Em 1889, o jornal Harper’s Monthly enviou-o como correspondente para as Antilhas. Após um primeiro romance, Youma, reuniu um grande número de contos tradicionais da Martinica, que foram objeto de diversas obras. Um ano depois, aceitou um convite do seu amigo embaixador do Japão e instalou -se em Yokohama, onde encontrou emprego como jornalista na imprensa anglófona. Hearn casou com a filha de um samurai, Koizumi Stesuko, obtendo a cidadania japonesa com o nome Koizumi Yakumo em 1896. Passou, então, a interessar-se pelas histórias tradicionais japonesas de fantasmas (yokai) e começou a escrever as suas obras sobre o Japão.

Viajante inveterado, viveu sucessivamente em Kobe, em Matsue e, ainda, em Tóquio, onde foi nomeado professor na Universidade de Waseda. Grande admirador de Pierre Loti, Hearn foi igualmente tradutor para inglês de Flaubert, Anatole France, Théophile Gautier, Hugo, Maupassant, Mérimée, Nerval e Zola. Morreu em 1904, vítima de doença cardíaca, em Tóquio. Foram-lhe prestadas inúmeras homenagens tanto na literatura e na banda desenhada, como no cinema e na televisão.

Benjamin Lacombe (1982-)

Autor e ilustrador francês nascido em Paris, em 12 de julho de 1982, é um dos principais expoentes da nova ilustração francesa. Em 2001, entrou para a Escola Nacional Superior das Artes Decorativas de Paris (ENSAD), onde frequentou uma formação artística. A par dos estudos, trabalhou em publicidade e animação. Aos dezanove anos, assinou a sua primeira obra de banda desenhada e diversos livros ilustrados.

O seu projeto de final de curso, Cerise Griotte, que escreveu e ilustrou inteiramente, é o seu primeiro livro para jovens, publicado pelas Éditions du Seuil em março de 2006. No ano seguinte, foi editado pela Walker Books (nos EUA), sendo selecionado pela prestigiosa publicação semanal Time Magazine como um dos dez melhores livros para os jovens do ano de 2007 nos Estados Unidos da América.

Histórias de Fantasmas do Japão

Desde então, Benjamin Lacombe escreveu e ilustrou cerca de vinte livros, alguns dos quais traduzidos e premiados em todo o mundo, dos quais se destacam Les Amants Papillons, Généalogie d’une Sorcière, La
Mélodie des Tuyaux, Il Était une Fois… ou, ainda, Les Contes Macabres.

Expõe regularmente os seus trabalhos em galerias e colabora, nomeadamente, com Ad Hoc Art (Nova Iorque), Dorothy Circus Gallery (Roma), Maruzen (Tóquio), Nucleus (Los Angeles) e Galerie Daniel Maghen (Paris).

Histórias de Fantasmas do Japão

Histórias de Fantasmas do Japão

ISBN: 9789722372350
Editor: Editorial Presença
Data de Lançamento: dezembro de 2023
Dimensões: 200 x 282 x 21 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 192
PVP: 32.90€
Compra com desconto e portes grátis

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights