Filmagens de Akira começam em breve

A muito aguardada adaptação cinematográfica em imagem real de “Akira” está previsto que comece a ser filmada a 15 de Julho na Califórnia.

A origem do fenómeno mundial: Katshuiro Ôtomo lançou em 1982 o mangá que revolucionou a arte. De imediato começou a pensar na adaptação cinematográfica em anime.


No visionamento das primeiras imagens do seu trabalho anime de ficção científica pós-apocalíptico, Katshuiro Ôtomo pensou que o seu filme seria um fracasso e acabou por assumir o risco de trabalhar com um orçamento de 8 milhões de dólares.

Akira usou mais de 160 000 animações para criar cenas detalhadas e movimentos fluidos. A técnica de animação utilizada obrigava a que os animadores ilustrassem o fundo, o plano intermédio e o primeiro plano de cada cena. Um processo detalhado e demorado que, desde então, pouco foi usado. No entanto, também permitiu paisagens e planos de fundo detalhados. Até as luzes das janelas eram coloridas individualmente para dar vida à cidade.  Para construir um mundo realista e futurista, recorreram à informática para detalhes que apesar de pequenos foram importantes, ao filme.

Quando em 1988 “Akira”  chegou aos cinemas (sem estreia comercial em Portugal) de imediato percebeu-se que estávamos perante um produto diferente de qualquer outro que o Japão já tinha oferecido ao Mundo! 30 anos depois da estreia, ainda se sente a influência de Akira.

A nova vida cinematográfica: Em 2002 a Warner Bros. adquiriu os direitos para adaptar “Akira” em imagem real e vários realizadores começaram a ser associados ao projecto. Com o passar dos anos, estrearam filmes que nasceram da anime como “Ghost in the Shell” e “Alita: Anjo de Combate”. Mas de “Akira” apenas surgiam nomes associados à realização, incluindo Stephen Norrington (Blade), George Miller (Mad Max), Justin Lin (Velocidade Furiosa 6), os Irmão Hughes ( O Livro de Eli) ou Jordan Peele (Us – Nós) e argumentos rejeitados pelos produtores ou pelo autor.
Os executivos da Warner Bros procuravam um realizador entusiasta que gostasse do anime original.

  Cinema: Crítica - Uma Família No Ringue (2019)

Em 2017 a produção de “Akira” ganhou nova vida com a chegada de Taika Waititi (Thor: Ragnarok), cuja carreira de realizador foi influenciada quando aos 13 anos viu “Akira” no cinema.
Recentemente, a Warner Bros e Leonardo DiCaprio – que assume a função de produtor, através da produtora Appian Way – receberam um incentivo fiscal para filmar “Akira” na Califórnia. E “Akira” em imagem real vai mesmo acontecer!

akira vol. 1O realizador Taika Waititi afirmou permanecer fiel às raízes culturais de Akira, adaptando os livros de mangá e querendo manter a origem dos personagens.

O elenco de “Akira” ainda não foi revelado, sabendo-se que Waititi pretende trabalhar com actores asiáticos.
A rodagem está prevista prolongar-se até meados de Setembro. Ainda não existe data de estreia prevista.

A banda desenhada já foi publica em Portugal pela extinta Meribérica, em 19 volumes, a cores e com o modo de leitura ocidentalizado. Actualmente, está a ser reeditado pela JBC Portugal, em livros de 364 páginas, a p/b e remasterizadas.

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *