Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Deathbed: Da banda desenhada para a televisão

As personagens nascidas nas páginas das bandas desenhadas da DC Comics continuam a ganhar espaço nos ecrãs. Foi anunciado a adaptação televisiva da banda desenhada Deathbed, criada por Joshua Williamson (Flash, Batman/Superman, Justice League Odyssey) e Riley Rossmo (Constantine: Hellblazer, Cowboy Ninja Viking, Martian Manhunter), e publicada pela referência para conteúdos destinados a leitores mais adultos, pela DC Black Label (que entretanto substituiu a Vertigo).


Deathbed é a história de um lendário caçador de emoções, chamado Antonio Luna, e o escritor fantasma contratado para contar a história da sua vida.
Valentine Richards ao ser contratada para escrever as memórias do “Aventureiro” moribundo, assume que as histórias fantásticas são produto de demência, até que fantasmas do seu passado arrastam para uma batalha psicadélica e mundial sobre quem vai escrever a história.

Para o artista Riley Rossmo,

Deathbed é sobre confrontar quem eu sou e como minha filha se vai lembrar de mim à medida que crescer. É sobre tentar confrontar todas as versões de quem eu sou e tentar examinar os eventos das nossas vidas de uma perspectiva externa. Acho que para mim e para Josh, muito disso foi inspirado por termos nos tornado pais nos últimos dois anos.

O autor Joshua Williamson completou o raciocínio acrescentando,

Sim, ser pai teve um grande papel. As expectativas que os nossos pais têm para nós e como carregamos isso nas nossas vidas … e então, se temos filhos, como lidamos com isso.
Mas também é sobre a morte. Como lidamos com o assunto. Só temos uma vida, mas ao mesmo tempo muitas. Acho que nossas vidas podem ser uma forma de reencarnação. Que podemos reinventar quem somos, mas ainda somos nós e somos a soma de todas as nossas experiências boas e ruins. Como podemos olhar para as nossas vidas quando terminarmos? Muitas pessoas dizem que se arrependem, e por quê? O que queremos que seja o final da nossa história? Como queremos ser lembrados?

Deathbed, uma mini-série de seis livros, com o #1 lançado em fevereiro de 2018, surpreendeu pela narrativa e pelo visual.
Agora, a banda desenhada será adaptada para o pequeno ecrã em série encomendada pela estação TNT, do grupo Warner Media. Neil Reynolds (Doom Patrol – Patrulha do Destino) está a escrever o argumento, com Julie Plec (Diários do Vampiro) como produtora executiva da My So-Called Company. A Warner Bros. Television irá produzir. A produção está ainda em fase inicial, pelo que ainda não existem nomes associados ao elenco, nem data de estreia da série.


Sobre personagens da DC, estão em produção séries como: The Green Lantern, Justice League Dark, Gothan PD, Peacemaker, Superman & Lois, Naomi, Wonder Girl. Estão ainda encomendas as séries Y: The Last Man, The Sandman e Sweet Tooth.

Antes da estreia da série, Peacemaker chegará aos cinemas em “Esquadrão Suicida”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *