Animação: Análise – Don’t Feed These Animals (2019)

Por vezes aparecem pequenas pérolas que nos surpreendem pela qualidade e a forma como a história nos cativa, como é o caso de Don’t Feed These Animals, a primeira curta-metragem original da portuguesa NEBULA Studios.

DontFeedTheseAniamls_04

Realizado por Guilherme Afonso e Miguel Madaíl de Freitas, a curta conta a história de um coelho encurralado num laboratório de testes, que descobre uma forma de dar vida à sua comida favorita. Mas nem tudo corre bem, e o plano acaba por ter consequências inimagináveis.

A ideia de vermos vegetais mutantes é acompanhada com momentos altamente hilariantes, enveredando pelo género de terror, contando uma narrativa simples e eficaz, sem recorrer a diálogos.

DontFeedTheseAniamls_02

A qualidade da animação é equiparável aos dos grandes estúdios, com boas texturas e uma fluidez notável no 3D, ao qual se junta uma boa direcção artística por parte da equipa da NEBULA Studios, que criou aqui um incrível mundo imaginário.

Don’t Feed These Animals mostra todo o esforço e a paixão no que será certamente o primeiro de muitos filmes originais do estúdio português, deixando-nos ansiosos em ver mais em breve. Até lá, fiquemos a conhecer este coelho esfomeado.

Talvez não mostrem isto aos vossos amigos vegetarianos…

Nota Final: 8/10

  Cinema: Crítica - 21 Pontes (2019)

Ricardo Du Toit

Fã irrepreensível de cinema de todos os géneros, mas sobretudo terror. Também adora queimar borracha em jogos de carros.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *