Cinema: Crítica – The Boy – Segue as Regras

TheBoy_poster_PTEis mais um filme que tenta tornar a nossa infância num pesadelo, pegando na inocente presença de um boneco e tornando-o numa macabra e tenebrosa experiência.[fbshare]

O Senhor e a Senhora Heelshire decidem passar umas férias encantadoras, então, por necessidade, começam a procurar uma baby-sitter para o seu filho de 8 anos, Brahms. Greta (Lauren Cohan, mais conhecida como ‘Maggie’ na série Walking Dead) decide aceitar este trabalho e aparece na casa dos Srs. Heelshire pronta para tomar conta do pequeno rapazito, quando a grande revelação acontece. O que ela encontra é não um rapaz de 8 anos mas sim um boneco com aspecto de 8 anos, pálido e sem expressão, é-lhe entregue também uma lista de regras e necessidades a cumprir, bem como preferências musicais e até a sua dieta.

Feitas as despedidas a pequena família segue viagem e assim começa este filme.

Assumindo que os senhores são simplesmente ingénuos Greta ignora as regras e vive calmamente com Brahms arrumado no canto, até que mais tarde no meio de tantas regras, sustos e atividades Greta afunda-se num poço de loucura e insanidade, deixa de saber no que acreditar e deixa-nos na mesma posição.

Um filme composto por um esquema de cores laranja e azul, um cartaz apelativo e um twist tão inesperado que nem mesmo esta frase vos pode dar a menor ideia do que seja.

Muito pouco gore, quase nulo, é um filme muito mais amigável, o típico filme de terror mas com um toque de originalidade que não é costume ver, sendo este o fator “Também faria isso”, identificamo-nos nas ações da pequena crew de atores coisa que honestamente não é algo se veja muito nos últimos (mais populares) filmes de terror.

  STAR WARS: A ASCENSÃO DE SKYWALKER: Trailer, Póster e Pré-Venda!

Creio que o que vi foi um bom filme de terror, com um twist interessante, que entretém mas que podia ter sido mais assustador.

Nada problemático, afinal o filme é PG-13.

Classificação: 3.5/5

Rui Mendonça

Hugo Jesus

Co-criador e administrador do Central Comics desde 2001. É também legendador e paginador de banda desenhada, e ocasionalmente argumentista.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *