Cinema: Crítica – SPY

MV5BMjI1MjYyMzk5Ml5BMl5BanBnXkFtZTgwNTQ2MTExNTE@._V1__SX1537_SY711_Esta Quinta-feira estreia o filme “SPY” e o Central Comics traz-te o “debriefing” da situação.

Susan Cooper(Melissa McCarthy) é uma agente da CIA presa à sua secretária, no entanto quando as identidades de Bradley Fine(Jude Law) e de todos os outros agentes da CIA são comprometidas cabe a Susan a missão de Salvar o mundo, infelizmente o Agente Rick Ford(Jason Statham) decide que a missão e a glória serão suas e acaba por fazer tudo menos ajudar.

MV5BMTUyNjg0OTM0MF5BMl5BanBnXkFtZTgwNjQ2MTExNTE@._V1__SX1537_SY711_O Argumento é solido e bastante mais divertido do que esperava, pega em estereótipos mas “brinca” com eles em vez de os gozar à força toda. Em termos visuais “SPY” não traz nada de novo, se bem que tem uma estética bem conseguida, aproveitando-se dos Décors europeus que preenchem a tela. A Banda sonora é bastante cheesy, mas combina com a aura “James Bond-esca” que tenta parodiar durante o filme todo.

Os pontos notáveis são as performances dos actores e a participação do 50 cent que, embora curta, vale bastante a pena. Sublinho principalmente a química entre os três actores principais(McCarthy, Statham e Law) e a versatilidade das personagens em si.

O Filme peca por ser apressado umas vezes e moroso outras, com isso dito, todas as personagens são minimamente memoráveis e o filme vale a pena!

starz1

-Henrique Correia

  MOTELX 2019 - Os Vencedores da 13ª Edição

Henrique Correia

Jovem dos 7 ofícios com uma paixão enorme por tudo o que lhe ocupe tempo. Jedi aos fins-de-semana!

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *