Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Cinema: COLLIDER nomeado para EMMY

collider movie posterA produtora portuguesa beActive acaba de conquistar a sua terceira nomeação aos prestigiados EMMY AWARDS, que decorrem em Cannes, já no próximo dia 7 de Abril, no âmbito do MIPTV, o maior evento mundial de televisão.[fbshare]

“COLLIDER”, foi a primeira incursão da beActive no mundo da ficção científica e do fantástico, que vê assim reconhecido o seu trabalho pela terceira vez, após a primeira nomeação obtida em 2010, com a série Castigo Final, e a segunda nomeação em 2013, com Beat Girl.

O EMMY distinguirá os melhores conteúdos digitais multiplataforma e lado a lado do português “COLLIDER” concorrem “Real Escape Game TV”, do Japão, “#7DaysLater”, da Austrália, e “Latitudes”, do Brasil.

“COLLIDER” é baseado nas experiências realizadas no CERN, no Large Hadron Collider, local onde foi encontrado o Bosão de Higgs, vencedor do prémio nobel da física de 2013. Depois de passar pelos festivais de cinema de Londres, Genebra e Galway, o filme português de ficção científica estreou nas salas de cinema em Portugal em Novembro de 2013, em Janeiro de 2014 na Irlanda, seguindo-se agora a sua estreia nos EUA, Reino Unido e Japão. Além de uma mini série para TV exibida em Portugal, o COLLIDER é também um filme, um livro de bd, jogos para smartphones e uma extensa experiência interactiva nas redes sociais.

Com o tema de “O que farias se pudesses voltar atrás no tempo?”, a acção de COLLIDER desenrola-se em 2018, ano em o planeta irá entrar em colapso e a espécie humana será dizimada devido a uma sucessão de desastres naturais e ao surgimento de uma raça mutante apelidada de “Os Desconhecidos” (The Unknown). No filme, Peter, Alisha, Carlos, Fiona, Luke e Lucia terão de unir esforços para conseguirem reactivar o COLLIDER e assim recuarem no tempo e evitar o apocalipse. Mas esta não será uma viagem fácil: em menos de 24 horas, o portal do tempo irá fechar-se para sempre.

Realizado pelo irlandês Jason Butler, o filme conta com a presença dos actores portugueses Marco Costa e Teresa Tavares nos papéis principais, e foi escrito por Nuno Bernardo, autor e produtor português já nomeado para dois EMMY e vencedor de vários prémios a nível internacional com as séries Diário de Sofia, Castigo Final e e T2 para 3. A pós-produção do filme foi inteiramente realizada em Portugal e os efeitos especiais do filme – 72 planos no total – foram igualmente realizados em Portugal e supervisionados por Sérgio Azevedo.

De referir ainda que a beActive, criadora e editora do livro de BD com o nome COLLIDER, ganhou, no Verão passado, um caso de disputa de marca contra a DC Comics, um dos maiores editores mundiais de BD, obrigando a empresa norte-americana a mudar o nome do seu comic book. COLLIDER contou com o apoio financeiro do FICA – Fundo do Investimento para o Cinema e Audiovisual em Portugal.

Esta é já a 3ª nomeação da empresa portuguesa e a 2ª no espaço de apenas 6 meses, garantindo assim uma e a única presença portuguesa num dos maiores eventos do sector audiovisual no Mundo.

COLLIDER foi um dos principais destaques no evento CENTRAL COMICS-CON em Julho de 2013

[ad#cabecalho]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *