Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Black Friday: 10 jogos abaixo dos 10 euros

A Black Friday já passou, mas o Central Comics não quis deixar escapar a oportunidade e decidiu espreitar a promoção de outono do Steam e deixar 10 sugestões de jogos disponíveis por menos de 10 €.

Black Friday

O que é a Black Friday? Não sabemos bem, mas este fim de semana é especial no que toca a videojogos — a promoção de outono do Steam está em pleno vigor e inclui milhares de títulos com preços excecionais. Com tanto por onde escolher, decidimos tentar poupar-vos algum tempo e espreitar para ver quais seriam os negócios que faríamos. Mas apressem-se: a promoção termina a 29 de novembro.

Não foi uma escolha fácil e custou-nos um pouco deixar alguns nomes de fora da lista, mas ficam aqui as nossas 10 melhores sugestões para quem quiser aproveitar excelentes títulos a menos de 10 €.

Space Beast Terror Fright

Space Beast Terror Fright é um FPS action roguelike de ficção científica.

Já há algum tempo que não me deparava com um jogo do género cooperativo tão bom. Mas deixo desde já o aviso: este é um jogo incrivelmente difícil! Para algumas pessoas, isto pode ser um problema, já que é difícil lidar com a frustração de falhar constantemente. Contudo, para os que gostam de um bom desafio, têm aqui um título à altura.

Em Space Beast Terror Fright, integramos uma equipa de fuzileiros espaciais que embarca em missões especiais de recolha de dados em sombrias naves espaciais abandonadas… ou quase. Para cumprirmos a nossa missão, temos de ter nervos de aço, cabeça e excelentes competências de comunicação num ambiente de profundo terror que nada fica a dever às cenas mais assustadoras da saga Alien.

Lançado a 4 de junho,Space Beast Terror Fright está disponível no Steam por 7,34 €.

Children of Morta

Continuando no registo action roguelike, Children of Morta é um título com uma arte deslumbrante.

Atualmente, apostar num estilo de gráficos pixelizados para um videojogo pode quase ser um grande risco, visto que a grande tendência para os fazer durante os últimos anos produziu grandes obras difíceis de igualar. Na minha opinião, Children of Morta encaixa-se nesta categoria. Este título ganhou recentemente um novo impulso ao suportar vários jogadores em multiplayer.

Em Children of Morta, vestimos a pele dos vários elementos de uma família e vamos desvendando a sua história à medida que exploramos masmorras e evoluímos os nossos heróis num estilo clássico de roguelike.

Children of Morta está disponível no Steam por 6,59 €.

Control

Control é um jogo de ação na terceira pessoa, com uma narrativa épica.

Fiquei algo surpreendido por Control não ter sido mais aclamado após o seu lançamento. Não me confundam — o jogo teve uma excelente receção em praticamente todos os quadrantes da indústria dos videojogos, tendo vencido prémio atrás de prémio, mas parece-me que se deixou de falar deste título demasiado rápido, e fico também um pouco pasmado por já ter uma promoção tão grande. Talvez se deva à maldição dos jogos lineares: joga-se uma vez, sabe-se a história e já está.

Em Control, somos uma heroína que enfrenta os seus inimigos com recurso a poderes paranormais, numa atmosfera de terror psicológico que acompanha uma história épica e profunda. Os fãs clamam pela sequela deste que foi um dos melhores jogos de 2020.

Control está disponível no Steam por 9,99 €.

Dusk

Da terceira pessoa, passamos para a primeira e recuamos algumas décadas, pelo menos, em estilo. Dusk é um FPS ao estilo dos anos 90 com uma execução fenomenal.

Sempre que joguei Dusk, voltei inconscientemente à minha juventude e diverti-me à grande. Incrivelmente fiel aos melhores FPS clássicos da década de 90, como Quake e Doom, mas sem imitar em nenhuma medida qualquer um deles, Dusk é uma obra de arte com uma banda sonora à altura.

Em Dusk, enfrentamos hordas de diversos e assustadores inimigos vindos do inferno num título em que não conseguimos deixar de morder a língua, pela ação implacável, nem parar de abanar o capacete pela brutal banda sonora de metal que o jogo nos oferece.

Dusk está disponível no Steam por 6,79 €.

Civilization VI

Civilization VI é um jogo de estratégia por turnos épico e em grande escala, e o mais recente daquele que provavelmente é o franchise com mais êxito de sempre na sua categoria.

As promoções de Civilization VI são relativamente frequentes, e existe uma razão para isso: este é um daqueles títulos com DLC infinitos. Mas este desconto é grandinho (90%) e o jogo base (vanilla) é por si só muito bom e capaz de nos oferecer horas e horas de conteúdo.

Em Civilization VI, tomamos as rédeas de uma nação desde o seu nascimento até depois da era espacial. Não, na versão base não podemos jogar com Portugal, mas existe essa possibilidade com a tal história dos DLC. O nosso objetivo é competir com outras nações pelo domínio global e podemos alcançar a vitória em diversas vertentes: ciência, cultura, diplomacia, militar, etc.

Civilization VI está disponível no Steam por 5,59 €.

Stellaris/Hearts of Iron/EU IV

Eu sei, eu sei, estão aqui vários títulos num só, mas continuando na senda dos jogos de estratégia épica 4x, não podia deixar de mencionar os títulos da Paradox, uma empresa que se afirma cada vez mais como completamente dominadora neste género.

Atenção que a Paradox também é notoriamente famosa pelos seus infinitos DLC com capacidade de fazer o preço de um jogo completo aproximar-se dos 500 €, mas, por norma, os seus jogos base têm uma complexidade e profundidade impressionante capazes de nos imergir milhares (sim, milhares) de horas em cada título. Também há o facto de que, mesmo que os jogos tenham sido lançados há mais de 10 anos, são regularmente atualizados e a experiência muda/melhora constantemente. Ou seja, um jogo da primeira versão de Europa Universalis IV é completamente diferente de um jogo da versão atual de Europa Universalis IV e é quase como jogar um jogo novo.

Existem vários guias online para saber qual é o primeiro jogo da Paradox certo para cada pessoa, mas os títulos da empresa cobrem as épocas da Roma antiga (Imperator: Rome) até ao futurismo da exploração espacial e das guerras intergalácticas (Stellaris).

Os títulos que indico são os meus favoritos (Crusader Kings II é gratuito e Crusader Kings III não se encaixa nesta categoria de preço), mas existem outros, atualmente disponíveis no Steam a 9,99 €.

Frostpunk

Frostpunk é um survival city-builder num cenário cyberpunk pós-apocalíptico em que a Terra congelou e nós somos os líderes da última cidade no mundo. A nossa missão é fazer com que a humanidade sobreviva. Para tal, temos de tomar decisões não só estratégicas, como morais.

Frostpunk foi lançado em 2018 e conquistou imediatamente a crítica e os fãs com o seu conceito e a sua execução. Com a sequela anunciada para breve, este é um título que faz parte do ‘cânone’ dos city builders, ao lado dos melhores clássicos de sempre.

Em Frostpunk, temos de gerir recursos, temperatura e pessoas, sendo que estas últimas nos colocam dilemas morais capazes de nos fazer refletir sobre quem somos, e quem seríamos num cenário semelhante.

Frostpunk está disponível no Steam a 7,49 €.

Oxygen Not Included

Para desanuviar um bocadinho o ambiente e deixar a lista respirar um bocadinho (pun intended!), decidi incluir na lista Oxygen Not Included, um colony builder 2D em side scrolling repleto de humor e com o estilo inconfundível da Klei Entertainment.

Em Oxygen Not Included, assumimos o controlo de um grupo de clones enviados para um asteriode para o colonizar. O problema é que os nossos clones nem sempre são os mais competentes e, volta e meia, trazem defeitos hilariantes, incluindo ressonar muito alto e flatulência descontrolada. O estilo cartoon do jogo também é um ponto de grande destaque neste título com repetibilidade quase infinita.

Oxygen Not Included está disponível no Steam por 7,81 €.

Autonauts

Autonauts é um jogo de simulação e automação, com um toque muito ligeiro de programação, adequado para todas as idades.

Decidi incluir este título na lista pura e simplesmente pela forma como me surpreendeu. Quando joguei Autonauts pela primeira vez, não sabia praticamente nada sobre o jogo e esperava 2 ou 3 horinhas de entretenimento num género que não conhecia assim tão bem (confesso que nunca tive o privilégio de jogar aos líderes incontestáveis do género, Factorio e Satisfactory). Ou seja, as expetativas não eram propriamente as mais elevadas, mas tenho a dizer que, passadas mais de 100 horas de jogo (!) as tais expetativas foram amplamente ultrapassadas. Diverti-me imenso com o jogo.

Em Autonauts, o nosso personagem é responsável pelo estabelecimento de uma colónia num planeta distante. Para tal, temos de cuidar dos nossos colonos — neste jogo, são apenas objetos — com a ajuda de um exército de robôs que temos de construir e treinar para executar as tarefas necessárias.

Autonauts está disponível no Steam por 9,99 €.

House Flipper

House Flipper é um jogo de simulação 3D na primeira pessoa em que vestimos a pele de um empreiteiro de renovações de casas delapidadas.

Este é um daqueles jogos que muitas pessoas não acreditam ser divertido de jogar, já que o objetivo do jogo é, literalmente, trabalhar. Mas nestes jogos acontece algo inexplicável: quando se trata de relaxar e descansar, não precisamos de puxar pela cabeça com grandes estratégias ou com violência desmedida, precisamos é de divagar sem qualquer pressão. House Flipper, na minha opinião, é um dos melhores títulos (se não o melhor) do seu género. É incrível a quantidade de horas que podemos passar em tranquilidade absoluta enquanto renovamos casas e damos asas à nossa criatividade. Decidi incluir o jogo na lista para que este género também estivesse aqui representado.

Em House Flipper, compramos casas delapidadas para as limparmos, repararmos, renovarmos e, finalmente, vendermos pela melhor margem de lucro possível. A sequela deste aclamado título está prevista para o terceiro trimestre de 2023.

House Flipper está disponível no Steam por 9,44 €.

Como é óbvio, esta é a nossa lista, é completamente subjetiva e há alguns títulos que poderiam muito bem estar aqui. Qual seria a vossa lista?

Entre outros títulos atualmente a menos de 10 € que achamos serem dignos de uma espreitadela mais séria estão: Loop Hero, Siege Survival: Gloria Victis, Noita, Strange Horticulture, Deep Rock Galactic, Franchise Tropico, Space Engineers, Disco Elysium – The Final Cut, Cities Skylines, Graveyard Keeper, Planet Coaster, Hero’s Hour, Spiritfarer, Slay the Spire, Phasmophobia, TABS, Franchise Star Wars Battlefront, Littlewood, Sunless Sea, Factory Town, Tyranny, Franchise Dishonored, Nor for Broadcast, Franchise Battlefield, Dead Island, Franchise Total War, ARK, Don’t Starve, 7 Days to Die, Kerbal Space Program e Prison Architect, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *