BD: Crítica – Fantastic Four #5 Age of Ultron

Fantastic Four 5AU capaFantastic Four #5 Age of Ultron é um tie-in de Age of Ultron, o ultimo evento da Marvel, e é escrita (como habitualmente) pelo Matt Fraction. A novidade está no desenhador. Como tínhamos antecipado aqui no Central Comics, os desenhos ficaram a cargo do Português André Araújo.[fbshare]

Não é a primeira vez que temos um compatriota a trabalhar em banda desenhada americana, mas é importante valorizarmos o esforço daqueles (poucos) portugueses que conseguem concretizar o (difícil) sonho de pôr o seu nome na capa de uma série com milhares de fãs e que vende milhares de revistas um pouco por todo o mundo.

Por isso o Central Comics quer dar os parabéns ao André Araújo e desejar que estejam para breve mais revistas desenhadas por ele. (*)

*********** spoiler ***********

Fantastic Four 5AU página 1Na critica da revista FF#1  já tínhamos falado um pouco da premissa das revistas FF e Fantastic Four. Nesta nova fase pós Hikman (o escritor anterior) o Quarteto Fantástico fez uma viagem no tempo e no espaço com o intuito de encontrar uma cura para a doença de Reed Richards…
A revista Fantastic Four #5 Age of Ultron inicia-se no passado, há 634 anos 8 meses 3 semanas e 4 dias mais precisamente. A viagem no tempo foi longa!

Para quem não acompanha este evento da Marvel, devemos começar por dizer que Ultron é um robô super-vilão que odeia todos os humanos e que decide aniquilar toda a humanidade.
A revista principal deste evento vai no seu terceiro número e até agora só conseguimos perceber que Ultron causou uma grande destruição e que os Super-Heróis estão reduzidos a um dúzia de refugiados com muito poucas possibilidades de vencer esta batalha (de resto, uma das revistas termina com uma imagem do Capitão América que dá a entender que ele se sente vencido por todos os acontecimentos).
Fantastic Four #5 Age of UltronComo o nosso planeta está em perigo, o Quarteto decide voltar para o presente e deixar a Valerie e o Franklin na mesma viagem em que já se encontravam. Durante a revista vemos acontecimentos que decorrem no passado (onde estão os filhos da Sue e do Reed Richards) e acontecimentos do presente (onde está o resto da sua família). Em ambos os casos há revelações no mínimo estranhas.
No passado vemos hologramas do Johnny Storm, do Ben Grimm, da Sue Storm e do Reed Richards. Todos eles despedem-se dizendo que a Valerie e o Franklin só veriam os hologramas em caso de algo muito mau acontecer, o mais estranho é o que se pode ver na imagem ao lado. (clica para ampliar)

  Salvat lança colecção de figuras de Assassin's Creed

Reed Richards mostra um papel onde diz que um homem de ciência não acredita em Deus, não existe Céu nem Inferno. Ora, num comic norte-americano e numa sociedade religiosamente conservadora como a deste país, este tipo de afirmações numa revista destas é inconcebível. (preciso de vos dar algum exemplo?) – há ainda uma nova abordagem à influencia do Ben Grimm para a historia do Dr. Doom.
No presente vemos o Quarteto a lutar contra os robôs de Ultron e temos mais uma surpresa. Johnny Storm, Ben Grimm e Reed Richards morrem e só a Sue Storm sobrevive!
Nada disto foi anunciado pela Marvel e não temos conhecimento que a revista Fantastic Four vá sofrer alguma alteração.
É importante recordar que Brian Michael Bendis, um dos responsáveis por este Age of Ultron, deixou bem claro que tudo se passa em continuidade e no actual universo da Marvel. E nós perguntamos: o Quarteto Fantástico acabou?

Acabamos de ler estas 22 páginas e ficamos com imensas questões, mas sobretudo com a desconfiança que todo o que lemos não é verdadeiro e daqui por alguns dias será desfeito, re-feito e esquecido.

Fantastic Four 5AU página 3Os desenhos do nosso compatriota André Araújo fizeram-me lembrar um pouco a mangá Akira (com melhores cores), no entanto em alguns momentos as faces das personagens não estavam muito bem conseguidas, principalmente em momentos em que as personagem demonstravam tristeza ou desespero.
Infelizmente (como disse antes) esta revista deixa muitas questões no ar e sofre de um mal muito particular: se tentarmos ligar o que se passou nesta revista, com o que se passa na revista Age of Ultron, com o que se passa no resto do universo Marvel – nada faz sentido! O que torna a revista (neste momento) pouco relevante.

Mas estaremos cá para ver como as coisas se desenrolam e para reportar 🙂
E tu já leste alguma revista deste evento?
Partilha connosco a tua opinião!

(*) Entretanto saiu a informação que  André Araújo será o desenhador da nova serie Avengers AI #1 (artificial Inteligence) , escrita por Sam Humphries.

Escritor: Matt Fraction
Artista: Andre Araujo
Nota: 7 em 10

Nelson Vidal

Dário Mendes

Dário é um fã de cultura pop em geral mas de banda desenhada e cinema em particular. Orgulha-se de não se ter rendido (ainda) às redes sociais.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *