Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Os programas mais vistos em Outubro nas plataformas de streaming

O observatório JustWatch divulgou diversos dados relativos ao consumo das plataformas de streaming em Portugal. E os dados referem-se ao consumo de Video on Demand na última semana de Outubro, a todo o mês de Outubro, e ainda se pode verificar o consumo de plataformas em Portugal desde o início do ano até ao passado mês de Setembro.

As quotas de mercado nacional no terceiro trimestre do ano refletem o aumento de consumo de Disney +, que começa a cimentar a sua liderança sobre a HBO Portugal, adicionando 1% e passando para o terceiro lugar oficialmente. O Fox Play apresentou o maior crescimento desde o segundo trimestre, aumentando 2% ao longo do trimestre. Juntos, o Prime Video e a Netflix dominam a atenção de praticamente metade dos consumidores de plataformas de streaming em Portugal.

Na análise desde o início do ano, o Disney + e Fox Play são as plataformas que viram a presença subir no mercado nacional desde janeiro de 2021, adicionando 3% e 1%, respectivamente. O Prime Video é a única grande plataforma a manter a sua quota de mercado desde o início do ano, mantendo-se nos 24%. A Netflix permanece líder na escolha dos telespectadores portugueses.


A lista dos 10 filmes mais filmes nas plataformas de streaming reflete o efeito da chegada de novas produções às salas de cinema: nomeadamente da nova aventura de James Bond, da novo Halloween, da nova aventura animada da família mais assustadora do cinema e da televisão e do regresso de Venom.

Addams Family - Primeira Imagem
A divertida animação de 2019 de A Família Addams terminou o mês na 6ª posição dos filmes mais procurados pelos portugueses nas plataformas; a anterior aterradora história de Michale Myers, levou Halloween  para a 5ª posição.

A estreia nos cinemas de 007: Sem Tempo Para Morrer terá contribuído para que os telespectadores tivessem procurado por 007 Spectre, a ser o 4º filme mais pesquisado, e 007: Casino Royale como 3º;
Antes da ida ao cinema para assistir a Venom: Tempo de Carnificina, os telespectadores procuraram (re)ver o primeiro filme, e este obteve o segundo lugar.


Contudo, foi uma nova produção que chegou ao topo da tabela dos filmes: O Culpado, um tenso drama realizado por Antoine Fuqua e disponibilizado na Netflix. Jake Gyllenhaal é o protagonista deste remake norte-americano do homónimo filme dinamarquês.

Curiosamente na análise à última semana de Outubro, os resultados das pesquisas dos portugueses são diferentes.
O efeito da estreia nos cinemas da nova versão de Dune levou a que os telespectadores descobrissem O Primeiro Encontro, a produção de 2016 do cineasta Denis Villeneuve; e a que pesquisassem pela adaptação da David Lynch de Duna.

Maligno, o mais recente filme de terror de James Wang, subiu nas pesquisas. A estreia de Hypnotic na Netflix a 27 de Outubro colocou a produção de terror na segunda posição;

A liderança passou a  pertencer a Infinito uma combinação de ficção científica e acção realizada por Antoine Fuqua e com Mark Wahlberg, Chiwetel Ejiofer e a portuguesa Joana Ribeiro.

Nas séries, a atenção em Portugal durante o mês de Outubro seguiu a tendência internacional, com Squid Game da Netflix a ser a série mais pesquisada no mês de Outubro.


Y: O Último Homem
, na Disney+, mantém o interesse dos portugueses, e foi a série que ficou em 2º lugar. Homicídios ao Domicílio, também da Disney+, fidelizou os telespectadores e finalizou o mês na 4ª posição. Nas vésperas da estreia da série em imagem real na Netflix, a animação Cowboy Bebop atingiu a 7ª posição na lista das mais procuradas durante o mês.

Na última semana de Outubro a atenção dos telespectadores recaiu sobretudo em American Horror Story, da Disney+. Sentiu-se o entusiasmo a crescer em torno da estreia, com a animação Cowboy Bebop a ser recuperada. A série sul coreana da Netflix My Name encerra o pódio dos programas mais pesquisas pelos portugueses nos últimos dias de Outubro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.