O Dia Mais Curto

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Análises: GRAVEN, Catmaze, I See Red…

Hoje trazemos-vos uma incrível ronda de análises de videojogos, entre eles GRAVEN, Catmaze, I See Red, e muitas outras grandes surpresas!

GRAVEN

Depois de termos experimentado GRAVEN há um ano, ficámos bastante impressionados com a história e o desafio. O jogo continua em Early Access, mas a receber muitas e incríveis actualizações de conteúdo que expandem o universo.

Vestindo a pele de um padre exilado, temos que explorar a vila de Cruxfirth e descobrir a verdade, enquanto livramos os habitantes do seu sofrimento, em ambientes medievais, utilizando uma variedade de métodos poderosos.

Desde da Demo de GRAVEN, podemos perceber que existem muitas melhorias, sobretudo na jogabilidade. Os puzzles são mais desafiantes que nunca, e há um prazer em ver os inimigos sucumbirem-se perante nós durante a nossa jornada.

Existem também agora diversos objectivos paralelos, que expandem ainda mais o universo de Graven, repleto de história que torna este mundo interessante e real, com muitos detalhes merecedores a serem explorados.

O lançamento da versão completa deverá estar para breve, mas é de aplaudir como a 3D Realms conseguiu trazer de volta um FPS do género capaz de nos deixar completamente agarrados.

Nota Final: 8/10

GRAVEN está disponível para PC, com um lançamento em breve na Xbox e PlayStation.

I See Red

A violência nem sempre é a resposta, mas em I See Red, só há uma forma de resolver os problemas.

Este jogo de acção maioritariamente monocromático, demonstra-se vermelho com raiva contra os inimigos, tornando-nos mais fortes para os derrotar; conta uma história de vingança pelo espaço, com a nossa personagem em busca de sangue.

Ao longo de vários níveis e mapas, somos altamente desafiados a matar tudo o que está à nossa frente, sem escrúpulos, utilizando uma série de armas e outros gadgets que vamos ganhando e evoluindo ao longo do jogo; com o objectivo de causar o maior caos possível em todos os momentos.

Morrer neste jogo é uma lição em humildade, colocando-nos numa posição inicial, que requer que considerarmos melhor as nossas tácticas, através de um controlo em twin-stick.

Apesar de algo repetitivo, há algo bastante atraente em causar morte e destruição em I See Red, que nos faz voltar para continuar a nossa jornada ensanguentada.

Nota Final: 8/10

I See Red está disponível para PC e em breve estará disponível para PlayStation, Xbox e Nintendo Switch

Karagon: Prelude

A sobrevivência no mato é um dos objectivos principais em Karagon: Prelude, desenvolvido por Tbjbu2. A demonstração gratuita oferece-nos a oportunidade de explorar os diferentes componentes disponíveis até irmos evoluindo todas as fases tecnológicas, indo de um simples martelo até a uma arma com lasers altamente potente.

À medida que vamos construindo a nossa base, vamos progressando pouco-a-pouco neste mundo, reunindo vários recursos que permitem que a evolução aconteça em tempo útil e consigamos ultrapassar todos os desafios no ambiente pós-apocalíptico.

AInda que a demonstração seja bastante completa em dar-nos uma experiência interessante, será curioso o rumo que poderá tomar, já que tem todo um mundo aos seus pés. É absolutamente admirável o seu nível de concepção, mas com muito espaço para melhorar do lado da jogabilidade.

Nota Final: 7/10

Karagon: Prelude está disponível para PC.

Catmaze

Numa reviravolta algo inesperada, Catmaze é um jogo que oferece muito, muito mais do que aparenta à primeira vista. Este metroidvania inspirado por mitos eslavos, que já por si dispõe de muitas possibilidades por explorar, Catmaze junta puzzles e aventura numa experiência altamente colorida.

Desenvolvido pela Redblack Slave, vestimos a pele de Alesta, uma feiticeira cuja coragem lhe guia por caminhos misteriosos e florestas obscuras em busca da estrada perdida até Nav, o mundo dos mortos.

Escondido por baixo de um jogo simples e viciante estão cerca de 10 horas de muito divertimento, com cenários variados e uma banda sonora cativante, que garante que nos traz de volta vezes sem conta. Díficil mesmo será manter a compostura com a sua dificuldade variável em alguns momentos, proporcionado momentos mais desafiantes que outros.

Assim, Catmaze é um dos segredos mais bem guardados de 2022 dos jogos indie!

Nota Final: 9/10

Catmaze está disponível para Nintendo Switch, PlayStation 4 e 5 e Xbox.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *