Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Wendell e Wild: o regresso de Henry Selick e Jordan Peele

Mais de uma década depois do seu último filme, Wendell e Wild é o regresso do cinema de Henry Selick (O Estranho Mundo de Jack e Coraline e a Porta Secreta).



Todos têm os seus demónios – mas Kat, uma jovem órfã, está a enfrentar algo particularmente assustador. Os seus demónios chegam como Wendell e Wild: duas criações roxas comicamente abstratas e brilhantes com as vozes de Keegan-Michael Key e de Jordan Peele. 



O novo filme em stop-motion de Henry Selick,  Wendell e Wild, conta a história de irmãos demoníacos que escapam de uma prisão infernal e entram no mundo real com a ajuda de Kat. Uma vez lá, eles embarcam numa jornada para enriquecer… mas eles podem acabar por ajudar Kat a encontrar a paz.



O trailer traz um vislumbre da caminhada sonhadora de Kat devido ao seu passado traumático, bem como o primeiro encontro com Wendell e Wild e muito do caos que eles desencadeiam no mundo dos vivos. 

Das mentes deliciosamente deturpadas de Henry Selick  e Jordan Peele ( (Nope, Nós, Foge) , chega-nos uma história que na versão original conta ainda com as vozes de Lyric Ross, Angela Bassett, James Hong e Ving Rhames no elenco.



Como nos filmes anteriores de Selick,  O Estranho Mundo de Jack e Coraline e a Porta SecretaWendell & Wild é um banquete visual animado totalmente em stop-motion, cheio de ghouls e seres rastejantes que se movem com a alegria artesanal do meio. “É quase como a relação que você tem com os seus brinquedos quando é pequena. Você acredita que eles são reais e vivos, e você os imagina vivos e com diálogo”, diz Selick . “É o mesmo sobre stop motion: de alguma forma essa coisa existe.” 



Wendell & Wild  estreia na Netflix a 28 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *