Os 11 livros de BD mais vendidos pela FNAC em 2020!

2020, o ano mais atípico das últimas décadas está a chegar ao fim e é tempo de balanços. Neste artigo apresentamos os 10 livros de banda desenhada mais vendidos do ano pelas lojas FNAC.

top vendas fnac bd

Com as livrarias físicas fechadas por muito tempo, e depois com horários reduzidos e lotação limitada devido à pandemia, muitos foram os lançamentos previstos para 2020 adiados para o ano seguinte. Ainda assim publicou-se muita e boa banda desenhada. Agora, prestes a chegar ao final do ano, a Fnac partilhou com o Central Comics o seu Top 10 de vendas. Como curiosidade fica o surpreendente livro que ficou em primeiro lugar, e o facto de apenas 2 editoras levarem em conjunto 60% das escolhas dos clientes do grupo francês.

11º

My Hero Academia Volume 1 (Devir)

my hero academia 1

Este é o único manga no Top 10, e prova mais uma vez a grande popularidade que esta franquia tem também em Portugal. O que surpreende aqui é que este álbum saiu em Dezembro de 2018. O mais incrível ainda é que este livro é repetente, pois no Top de 2019 foi o terceiro livro mais vendido!

10º

Clássicos da Literatura em Banda Desenhada: A volta ao mundo em 80 dias (Levoir)

Grandes Clássicos da Literatura em Banda Desenhada

Uma das obras mais populares de Júlio Verne foi adaptada para uma banda desenhada e inserida numa colecção da Levoir em colaboração com a RTP, colecção essa que este top de vendas prova o sucesso, pois este é apenas um dos três livros presentes nesta tabela.

1984 – A Novela gráfica (Alfaguara)

1984 - A Novela Gráfica

O popular romance distópico da autoria do escritor britânico George Orwell foi adaptado para BD pelo brasileiro Fido Nesti que prova mais uma vez o interesse do público por esta famosa obra. 1984 teve duas adaptações para o cinena, uma para série de TV, outra para ópera, e agora chegou à BD, e pelos vistos também com sucesso.

Clássicos da Literatura em Banda Desenhada: As Aventuras de Tom Sawyer (Levoir)

Tom Sawyer é uma das personagens de ficção mais acarinhadas pelos portugueses, seja em livro ou outras formas de entretenimento como o cinema, TV e a animação (quem viveu a infância nos anos 1980 sabe do que estou a falar). Daí não ser estranho ter conseguido este 7º posto.

Uma Aventura de Blake e Mortimer – O último faraó (Asa)

Uma Aventura de Blake e Mortimer: O Último Faraó

As Aventuras de Blake e Mortimer podem já ter feito 70 anos, mas parece que a idade para eles não pesam, e sempre que sai um livro novo já se sabe que será uma das bandas desenhadas mais vendidas do ano, mesmo que esta pertença a uma série à parte (uma colecção de autor).

O Homem que Matou o Lucky Luke (A Seita)

Após insistência do editor José de Freitas, a Fnac esclareceu que o O Homem que Matou o Lucky Luke não entrava no Top 10 com a sua capa normal. Mas este álbum teve duas capas, uma delas é a alternativa e exclusiva da própria Fnac. Assim, somando as duas variantes, esta aventura do cowboy chegou ao 6º livro mais vendido do ano!

  O Livro da Selva Vol. 7 - Coleção Clássicos da Literatura em BD

Clássicos da Literatura em Banda Desenhada: Odisseia (Levoir)

 

Odisseia - Homero

E para fechar o trilogia “Clássicos da Literatura em Banda Desenhada” da Levoir e RTP, fica a Odisseia, de Homero, um dos dois principais poemas épicos da Grécia Antiga.

Astérix – O Menir de Ouro (Asa)

Astérix - O Menir de Ouro

Não é propriamente BD, mas O Menir de Ouro acaba por entrar nesta contagem decrescente pois tem tudo que ver com o género. Colocada à venda pela primeira vez em formato de livro-disco em 1967, esta aventura única tornou-se uma verdadeira relíquia quase perdida e nunca foi publicada em álbum, até agora. E com ilustrações inéditas de Uderzo, que foram recuperadas de propósito para aqui, este álbum é algo que não podia deixar de fazer parte das prateleiras dos fãs mais acérrimos dos irredutíveis gauleses.

Balada para Sophie (Tinta da China)

Balada para Sophie

E para o último lugar do pódio, entra o único livro com autor português. Cabe ao cada vez mais popular argumentista, músico, produtor e realizador Filipe Melo, que nos trás aqui, muito provavelmente, a sua melhor obra de banda desenhada e certamente um dos lançamentos do ano.

Astérix: A filha de Vercingétorix (Asa)

Astérix: A filha de Vercingétorix

Esperem lá, mas A filha de Vercingétorix não saiu em 2019? É verdade, e não só isso como foi o livro mais vendido na FNAC nesse mesmo ano. A sua popularidade não baixou muito em 2020, acabando este ano em segundo lugar. Será que ainda irá aparecer no Top de 2021? Astérix prova mais uma vez que é a série de BD que mais vende em Portugal.

Sapiens: A Origem da humanidade – Novela Gráfica (Elsinore)

Sapiens: A Origem da humanidade - Novela Gráfica

Além do surpreendente primeiro lugar no top de vendas, temos de ter em conta que este livro saiu apenas em Outubro. Ou seja, este género de banda desenhada costuma ter um ciclo de vida longo, mas apenas com pouco mais de 2 meses conseguiu ser o mais vendido do ano. E este é apenas o primeiro de quatro livros a serem lançados pela Elsinore.

E tu, compraste algum destes livros? Partilha connosco.


Hugo Jesus

Co-criador e administrador do Central Comics desde 2001. É também legendador e paginador de banda desenhada, e ocasionalmente argumentista.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *