Rever Paris – Novela Gráfica VI (2020) Volume 4

Os criadores das Cidades Obscuras, François Schuiten e Benoît Peeters, oferecem-nos a sua visão sobre a Paris do futuro, num livro que é inquestionavelmente uma obra-prima editado pela Levoir e o Público. Rever Paris sai em banca a 12 de Setembro.

Rever Paris

Schuiten e Peeters já nos tinham maravilhado com o seu trabalho em A Febre de Urbicanda, publicado na colecção Novela Gráfica de 2019.

Rever Paris  Rever ParisRever Paris

A história de Rever Paris transporta-nos para um futuro longínquo, o ano 2156.  Kârinh a jovem protagonista desta história, vive na Arca, onde nasceu, uma colónia espacial fundada por antigos terráqueos, que fugiram do seu planeta devorados pela poluição e pelo aquecimento global. Várias décadas após este êxodo, é enviada uma expedição à Terra para determinar se o planeta voltou a ser habitável. Kârinh, é a escolhida, o seu sonho vai tornar-se realidade e toma o comando do Tube, um velho recipiente que transporta cerca de quinze pessoas em hibernação. No final de uma viagem difícil, a jovem parte, sozinha, para descobrir a sua Paris fantasiosa e as suas origens.

O seu pai era um terráqueo, que ela nunca conheceu. A sua mãe Fumiko deixou este mundo no seu regresso de uma missão de sete meses à Terra 40 anos antes. Kârinh sempre foi uma solitária, ao chegar a Paris mergulha numa Paris antiga, uma cidade de outro tempo bem diferente da que conhece dos livros de autores visionários como Júlio Verne e Albert Robida.

  As Desventuras do Rei Midas (A Sabedoria dos Mitos)

A cidade imaginada pelos seus autores com desenhos magníficos em azul e laranja é uma grande homenagem aos ilustradores do século XIX, Robida, Doré e Grandville.

Rever Paris Rever Paris Rever Paris

Rever Paris – Novela Gráfica VI (2020) Volume 4
François Schuiten e Benoît Peeters
Levoir/Público
Preço – 10,90€
Nº páginas – 144
Cor, Capa dura
Formato – 230 mm x310 mm

Hugo Jesus

Co-criador e administrador do Central Comics desde 2001. É também legendador e paginador de banda desenhada, e ocasionalmente argumentista.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *