Programa Fantasporto de 5 de Março

Esta Quinta-feira no Fantasporto conta com algumas propostas vindas da Ásia, que não podem perder, como a antestreia mundial de In the Name of the Mother, de Joel Lamangan e Detention, de John Hsu. Também serão exibidas mais filmes para o Prémio do Cinema Português – Melhor Filme.

Eis a programação do dia 5 de Março:

GRANDE AUDITÓRIO
17:00 • In the Name of the Mother – Joel Lamangan- 99’ (Filipinas) – Drama – ANTESTREIA MUNDIAL- V.O. c/legendas em Port. e Ingl.
Depois do suicídio do marido que a deixara por outra, cabe à viúva tratar de todos. A mulher luta por manter a família unida e o seu negócio em ordem. Para isso tem de contactar com o submundo dos gangs de Manila. Mas nem tudo corre como esperava. No Fantasporto 2018 apresentou em palco “Bhoy Intsick” que foi Prémio Especial do Juri do Orient Express.

19:00 • Lola Igna – Eduardo Roy Jr – 114’ (Filipinas) – V.O. c/legendas em Port. e Ingl.
Uma bela história sobre uma mulher de idade que se diz preparada para morrer e re-encontrar o falecido marido. Mas as coisas nçao ser mesmo assim. Mais um filme humanista de Eduardo Roy, um dos mais premiados realizadores filipinos, que conhecemos já de “Pamilya Ordinario”, exibido no Fantasporto em 2017.

21:15 • Detention – John Hsu – 102’ (Taiwan) – Terror, Sci-fi – V.O. c/legendas em Port. e Ingl.
Com Taiwan ainda sob o regime comunista, uma escola luta contra a repressão organizando um clube literário. O monstro, inevitavelmente, virá até eles. Primeira longa-metragem do realizador, já vencedor do Golden Horse Festival.

23:15 • Howling Village – Takashi Shimizu – 109’ (Japão)- Terror Sobrenatural – V.O. c/legendas em Port.
Explorando os terrores da noite, dois adolescentes aventuram-se para lá do túnel proibido. Quando desaparecem, eventos estranhos começam a acontecer e todos aos habitantes da aldeia parecem envolvidos. Do realizador de “The Grudge”.

PEQUENO AUDITÓRIO
16:45 • PRÉMIO DE CINEMA PORTUGUÊS – MELHOR FILME

  As estreias no cinema regressam a 4 de Junho com 'OS TRADUTORES'!

Mapeamentos Intersectivos I/ Mapeamentos Intersectivos III Espelhos Saturados – Luís Miranda – 4’20’’ (Port)
Uma remontagem imagética e musical do documentário “Mapeamentos Interserctivos I”, recriando-o como uma gradação geométrico-sonora de planos-espelho e planos-saturação.

Jacinta – Joana Pinto – 2’47’’ (Port)
Jacinta é uma velha oleira que vive uma vida isolada e repetitiva. Quando se deixa inspirar pela beleza à volta dela, Jacinta compreende que pode dar um novo sentido à vida. Inspirado pelos trabalhos da ceramista popular Rosa Ramalho.

Chasing Sparks – Lucas Moreira – 5’ (Port)
Um rapaz persegue a inspiração até encontrar a necessidade de algo mais: ter uma ideia original.

Bunker ou Contos Que Eu Ouvi Depois Do Mundo Acabar – João Estrada – 38’ (Port)
O ar está irrespirável e só de máscara se pode estar ao ar livre. Mas um produto miraculoso pode tornar as pessoas imunes ao ar tóxico. Num Bunker, um grupo luta pela droga salvadora. Com António Capelo e Irene Cruz.

Cá Dentro – Tiago Pimentel – 16’22’’ (Port)
Uma mulher dança tentando acordar o desejo do homem. Mas a solidão é demasiado forte.

Castelo – José Augusto Silva – 15’ (Port)
Guilherme é perseguido pelo treinador e por umas criaturas estranhas enquanto procura a sua mãe para que o salve do pesadelo.

Four Void – Pedro Senna Nunes – 12’ (Port)
Quatro personagens humanas coabitam, em constante tensão pre-dialética, num cenário futurista atemporal. A dança, nas suas mais variadas formas, surge-lhes como reacção instintiva ao vazio existencial que lhes permeia os corpos e a arquitectura envolvente.

18:45 • JINGA FRIGHT NIGHTS
Timer – Jac Schaeffer – 100’ (EUA) – 2009- Comédia – V.O. falado em Ingl.
Se um relógio indicasse o momento em que iria encontrar o seu par ideal, quereria saber?

21:00 • JULIAN RICHARDS RETROSPECTIVE
Darklands – Julian Richards – 90’ – (GB) 1996 – V.O. falado em Ingl.
Um repórter de um jornal é atraído por uma série de rituais pagãos e sacrifícios humanos.

Ricardo Du Toit

Fã irrepreensível de cinema de todos os géneros, mas sobretudo terror. Também adora queimar borracha em jogos de carros.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *