Programa Fantasporto de 26 de Fevereiro

26 de Fevereiro é dia de Fantas Classics, do Fantasporto, com mais um grande filme de 1992, Drácula de Bram Stoker, de Francis Ford Coppola.

A sessão é no grande auditório do Teatro Rivoli, no Porto, às 21h15.

O filme baseia-se no grande clássico da literatura, “Dracula” escrito por Bram Stoker em 1897, que se converteu em fonte de inspiração para mais de uma centena de filmes, como o de Murnau, e cuja personagem principal tem atraído ao longo do tempo dezenas de realizadores. Também Coppola, um dos mestres do cinema, não escapou, construindo uma sumptuosa versão da vida do vampiro aristocrata e dando um papel inesquecível ao versátil Gary Oldman, vencedor de um Oscar por “The Darkest Hour” em 2018.
Admirador convicto do realizador japonês, Akira Kurosawa, Francis Ford Coppola teve sempre uma ideia de grandeza, de beleza e magia em todos os filmes que realizou ou escreveu.  Sempre “bigger than life” nos seus melhores momentos cinematográficos, Coppola constrói uma versão refinada da personagem clássica, o Conde Dracula, que na altura já tinha vários exemplos de sucesso no cinema, nomeadamente os de Tod Browning ou Terence Fisher, este com um carismático Christopher Lee no papel principal.
Apesar disso, o realizador americano realiza, bem à sua maneira, um indiscutível épico do terror a partir do livro de Bram Stoker, e com ele ganhou apenas 3 Oscares (Guarda-roupa, Efeitos Visuais e Efeitos de som, Melhor Maquilhagem), numa época em que os filmes fantásticos eram desdenhados pela Academia.  Além de um trabalho fabuloso de Gary Oldman, temos ainda Keanu Reeves, longe ainda das proezas de “Matrix”, e Anthony Hopkins, que mais tarde seria também cunhado com o horror como protagonista de “O Segredo dos Inocentes”.
A versão original do filme tinha 155 minutos, com cenas que posteriormente foram censuradas pela Fox , por sexo e nudez.
O Fantasporto orgulha-se de ter apresentado este filme de Coppola em Antestreia portuguesa em 1993, numa sessão-surpresa, quase não anunciada e super-reservada, segundo o desejo do distribuidor, uma prenda para os seus espectadores, já que era, na altura, o mais esperado nos ecrãs portugueses, depois da estreia nos Estados Unidos em Novembro de 1992 e do renome entretanto adquirido.

  Sequelas adiadas: Top Gun, Um Lugar Silencioso e Mínimos com novas datas de estreia

Bram Stoker’s Dracula- Francis Ford Coppola- EUA- 128’- 1992

Francis Ford Coppola

Nasceu em 1939, em Detroit, EUA,  filho de uma família de ascendência italiana e na qual vários membros se salientaram já no cinema e na música.  Foi assistente de Roger Corman, e a sua primeira longa-metragem foi “Dementia 13” (1963). Por Patton”(1970) ganhou o primeiro Oscar de Argumento Original, seguindo-se “THX 1138” (1971); foi produtor de “American Graffiti” de George Lucas, e celebrizou-se definitivamente com os três filmes da trilogia “The Godfather” , tendo com o primeiro e o segundo os Oscares de Melhor Filme e 7 nomeações pelo terceiro. “Apocalypse Now” (1979) tornou-se também um marco na história do Cinema. Numa das mais bem sucedidas carreiras, sobretudo como argumentista, produtor e realizador, recentemente tem-se dedicado com produtor e realizador ao projecto “Megalopolis”, sendo o seu último filme já de 2016, “Distant Vision”. Tem já 5 Óscares no total.

Hugo Jesus

Co-criador e administrador do Central Comics desde 2001. É também legendador e paginador de banda desenhada, e ocasionalmente argumentista.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *