Pixar, Vingadores, Keanu Reeves, Hunger Games, Guerra dos Tronos, e mais…

Pixar com nova estreia no próximo ano

Os estúdios de animação da Pixar revelaram mais informações sobre Soulo segundo filme original a chegar aos cinemas em 2020. Depois da estreia de Bora Lá, prevista para março do próximo ano, o filme da Disney/Pixar, Soul,chega aos cinemas nacionais a 18 de junho de 2020.

Os estúdios de animação da Pixar levam-nos numa viagem desde as ruas de Nova Iorque, até aos reinos cósmicos para descobrirmos as respostas para as perguntas mais importantes da vida. Soul  é realizado pelo vencedor do ÓSCAR®, Pete Docter (“Up – Altamente!”, “Divertida-Mente”), e produzido pela nomeada ao ÓSCAR®, Dana Murray (“Lou”).

Vingadores: Endgame de regresso às salas de cinema

Nos encontros com a imprensa, a propósito da estreia de Homem Aranha: Longe de Casa, o Presidente da Marvel Studios anunciou o regresso de Vingadores: Endgame aos cinemas norte-americanos já na próxima semana!
Se os fãs do filme esperariam uma versão estendida, Kevin Feige apressou-se a esclarecer que esta versão terá algumas novidades  que incluem uma cena inédita e um pequeno tributo entre outras surpresas.

A surpresa na estreia de Vingares: Endgame foi a ausência de cena nos créditos finais, como habitualmente tem acontecido nos filmes da Marvel. Até ao momento desconhece-se se esta nova versão também será exibida nos cinemas portugueses.

Prequela de Hunger Games

Foi anunciado o lançamento da prequela literária de Hunger Games – Jogos da Fome. O livro será lançado em Maio de 2020 e ainda não tem título final. Para já, sabe-se que a história será ambientada em Panem, 64 anos antes dos eventos que já lemos e vimos nos filmes.

Desde 2015 que a produtora Lionsgate pretendia desenvolver os eventos que antecederam os Os Jogos da Fome. Com o anúncio da publicação do livro, a Lionsgate comunicou de imediato o desejo em adaptar também este livro para o grande ecrã. Para já, os produtores pretendem manter uma relação próxima com a autora Suzanne Collins durante o período criativo e da escrita, e assim conseguirem a tão aguardada adaptação cinematográfica da prequela.

Clint Eastwood volta à cadeira de realizador

Clint Eastwood foi anunciado como o realizador de The Ballad of Richard Jewell, um filme que nos últimos anos conheceu vários nomes associados para a realização (David O. Russell, Paul Greengrass) e para protagonistas (Leonardo DiCaprio, Jonah Hill e até Nicolas Cage).
O filme é inspirado no artigo publicado na Vanity Fair American Nightmare: The Ballad of Richard Jewell, sobre a verdadeira história do segurança que ajudou a salvar vidas durante o atentado nas Olimpíadas de Atlanta em 1996, e que mais tarde foi acusado de planear o ataque.
Paul Walter Hause (Eu, Tonya) será Richard Jewell, o segurança; Sam Rockwell (Três Cartazes à Beira da Estrada) interpretará o advogado de defesa, Kathy Bates (Misery – O Capítulo Final) será a mãe de Richard Jewell; Olivia Wilde (Tron – Legado) será a repórter Kathy Scruggs; Joh Hamm (Mad Men) será o agente do FBI que investiga o atentado; e, Wayne Duvall (Star Crossed – Amor em Jogo) interpretará o analisador do polígrafo.
Não existe data prevista o lançamento de The Ballad of Richard Jewell.

  "Mulher Maravilha 1984" com estreia adiada

Keanu Reeves já é uma das figuras de 2019!

Esta semana foi anunciado o início das filmagens da terceira aventura cinematográfica de Bill e Ted, a dupla de roqueiros que viaja no tempo.
As primeiras duas incursões cinematográficas de Bill e Ted passaram despercebidas por Portugal, A Fantástica Aventura de Bill e Ted foi vista no Fantasporto em 1990 e no ano seguinte Bill e Ted no Outro Mundo foi directo para vídeo.
O anúncio poderia passar despercebido, mas Ted Logan é interpretado por Keanu Reeves. E como é sabido a carreira do actor ganhou visibilidade internacional após a estreia em 1991 de Ruptura Explosiva, ou de A Caminho de Idaho e Drácula de Bram Stoker no ano seguinte. Mas foi com Matrix, que a sua carreira explodiu a partir de 1999.

Bill & Ted Face The Music junta novamente Keanu Reeves e Alex Winter nas personagens que dão título ao filme. A comédia musical será realizada por Dean Parisot (Red 2: Ainda Mais Perigosos), e o argumento foi escrito pelos criadores das personagens: Chris Mathenson e Ed Solomon.
Ainda sem sinopse oficial, sabe-se que os dois amigos, agora na meia idade, partem em nova aventura após serem avisados que apenas a sua música pode salvar o futuro. No caminho eles terão a ajuda de familiares, de amigos e de estrelas da música.
Bill & Ted Face The Music chegará aos cinemas norte-americanos em Agosto do próximo ano.

A Guerra dos Tronos terá prequela!

Os fãs d’ A Guerra dos Tronos podem ter motivo de alegria: Começaram as filmagens do episódio piloto da primeira prequela da série!
A publicação Entertainment Weekley publicou imagens do início das filmagens do episódio que tem como objectivo conquistar os produtores para que sejam encomendados os episódios que narram os acontecimentos 5 mil anos antes da luta pelo Trono de Ferro.
Segundo o divulgado, a série acompanhará a transição da Era de Ouro para um período sóbrio onde são revelados os terríveis segredos de Westeros, a origem dos Caminhantes Brancos, dos Filhos da Floresta e descobre-se que a lenda dos Stark é diferente da que pensamos conhecer.

Como a série acontece milhares de anos antes, não será de esperar reencontrar o elenco bem conhecido. Naomi Watts lidera o elenco desta nova série, que inclui ainda Josh Whitehouse, Miranda Richardson, entre muitos outros. O argumento tem sido desenvolvido Jane Goldman (Kingsman: Serviços Secretos), com o acompanhamento do criador George R. R. Martin.
As filmagens na Irlanda do Norte, em cenários já bem conhecidos dos telespectadores, estão a acontecer com o título provisório de Bloodmon.
Não existe data prevista para a estreia, mas havendo luz verde é expectável que chegue aos ecrãs no final do próximo ano ou no início de 2021. Paralelamente estão mais séries-prequelas d’ A Guerra dos Tronos em desenvolvimento.

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *