Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

O Império – De Jesus a uma Igreja Imperial Vol. 1 – A Génese

“O Império – De Jesus a uma Igreja Imperial, Vol. 1 – A Génese” é a primeira história política em banda desenhada da mais antiga instituição do mundo: a Igreja.

Ilustrada com humor e com uma abordagem isenta e crítica, O Império é o resultado de vinte anos de trabalho científico e académico de Olivier Bobineau, reconhecido investigador do  “Groupe Sociétés, Religions, Laïcités” da Sorbonne e do CNRS.

Com um prefácio de Anselmo Borges.

Como é que a mensagem original de amor e tolerância do Jesus do Evangelho pôde inspirar simultaneamente as guerras religiosas e os mosteiros admiráveis que acolhiam os peregrinos, os pobres e os doentes; as Cruzadas sanguinárias e Francisco de Assis, que falava com os pássaros; o horror da Inquisição e o nascimento da universidade; a decadência dos papas Bórgias e os frescos de Miguel Ângelo?

Durante estes dois mil anos de história política, a Igreja e os papas transformaram e moldaram a nossa sociedade e cultura política. Algumas decisões de soberanos pontífices tomadas da Idade Média ou certas abordagens filosóficas e espirituais nascidas há mais de 1500 anos continuam em vigor e estruturam as nossas instituições políticas sem que o saibamos!

O Império
De Jesus a uma Igreja Imperial, Vol. 1 – A Génese
Olivier Bobineau, Pascal Magnat
Colecção Gradiva BD
ISBN 978-989-785-006-6
Páginas 176
Capa Cartonada
Dimensões 28,8×21
PVP: €15,00

Compra aqui com 10% Desconto:

Autores:

Olivier Bobineau
Investigador de renome, membro do laboratório de investigação Groupe Sociétés, Religions, Laicités da Sorbonne e do Centre National de la Recherche Scientifique.

Pascal Magnat
Nasceu na região de Paris. Estudou na Duperré School of Applied Arts. Trabalhou em várias agências de comunicação como director artístico, antes de se tornar ilustrador freelance. Mad in China é seu primeiro álbum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *