Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Netflix prepara adaptação de “filmaço” de acção

O cinema indonésio ofereceu um dos melhores filmes de acção deste século: The Raid – Redenção!


No final de 2011 o jovem realizador de origem gaulesas Gareth Evans surpreendeu o mundo com um brutal filme repleto de violência e com espectaculares cenas de acção protagonizadas por Iko Uwais.
A crítica, que assistiu ao filme no festival de cinema de Toronto, TIFF, e no Sundance Film Festival, teceu enormes elogios ao filme e a Sony Pictures Classics apressou-se a garantir os direitos para a distribuição internacional.

Sendo este um filme de acção de origem indonésia não é de admirar  The Raid – Redenção não tenha sido projectado comercialmente nos cinemas portugueses, existindo apenas relato da passagem pelo Motel LX em 2012. Contudo, o filme teve edição nacional em DVD e até já foi emitido em canais da televisão por cabo.

A história resume-se a uma equipa de operações especiais que fica encurralada num prédio controlado pela implacável máfia. Um exército de assassinos e bandidos bem armados coloca a equipa da polícia numa posição de morte iminente.

The Raid 2 de 2014, foi a inevitável sequela onde prevalenceu o cinema de acção de enorme qualidade.
Considerado ainda melhor que o primeiro filme por diversos críticos  de cinema, The Raid 2 também assumiu a figura de “filme de culto”.

Os dois filmes ofereceram sequências de acção cuja realização e coreografia que despertaram o interesse mundial, sendo as cenas inclusivamente estudadas minuciosamente por parte de realizadores e produtores dedicados ao cinema de acção.
Iko Uwais começou a migrar para o cinema de Hollywood, e entretanto já participou em filmes como Snake Eyes – A Origem dos G.I. Joe, ou Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força ou em Stuber.

O cinema de Hollywood andava doido por produzir a sua própria versão de The Raid.
Depois de diversas notícias, onde até Gareth Evans assumiria a realização da nova versão em Hollywood, chega agora a notícia da Netflix avançar com a sua versão deste sucesso do cinema indonésio.

Gareth Evans a dirigir Iko Uwais na rodagem de “The Raid 2”

Patrick Hughes (Os Mercenários 3, O Guarda-Costas e o AssassinoO Guarda-Costas e a Mulher do Assassino) vai realizar a longa-metragem, com Michael Bay e a XYZ Films responsáveis pela produção. Gareth Evans assume a produção executiva do filme.

Na nova versão, a história desenvolvida por Patrick Hughes e James Beaufort acompanha a DEA. Quando é enviada uma equipa infiltrada de elite para Filadélfia, a equipa de operações especiais espera que o rasto de informadores de cartéis a leve até um elusivo barão do crime.

“Estamos muito entusiasmados com a visão singular do Patrick para este filme. Trata-se claramente de uma nova versão do material, mas que promete prestar uma grande homenagem ao filme original enquanto acrescenta uma nova abordagem e uma nova perspetiva que vão redefinir o género de ação.” referem os produtores da nova versão.

Ensaio para as filmagens de “The Raid 2”

Sem data de estreia prevista, é provável que entretanto sejam anunciados os principais nomes do elenco desta nova versão.
Entretanto, se gosta do género, procure pelos filmes originais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.