Jogos: Análise – WRC 8 FIA World Rally Championship

Ser um piloto de rali é o sonho de muitos amantes do desporto automóvel para viajar pelo mundo e enfrentar diversos obstáculos. Felizmente, a Kylotonn Racing Games e a Bigben Interactive querem oferecer uma experiência o mais próxima da realidade, algo que garantidamente irão encontrar em WRC 8 FIA World Rally Championship.

É a expansão do modo carreira que WRC 8 se foca principalmente, com o jogador a poder começar a campanha numa das dezenas equipas do Junior WRC, conduzindo um Ford Fiesta R2. Ao fazer algumas temporadas e ganhando experiência, sobe-se então para o WRC2 ou WRC2 PRO, e depois para o grande WRC, onde irão correr ao lado dos melhores pilotos em carros mais poderosos, todos este oficiais da prova.

Dentro do modo carreira temos ao nosso dispor uma variedade de opções, às quais temos que tomar alguma atenção. Cada nível que sobem ganham pontos para utilizar no R&D (Research & Development) da vossa equipa, desbloqueando alguns bónus que vão desde do desenvolvimento de proezas do vosso staff a alterações de desempenho que poderão fazer uma grande diferença no tempo da vossa corrida.

À medida que sobem de escalão, também desbloqueiam uma grande quantidade de eventos que poderão participar entre os ralis calendarizados, desde sessões de treino, onde poderão praticar a vossa reacção perante alguns dos obstáculos mais comuns; corridas históricas, onde poderão correr em carros clássicos, como o Lancia Stratos, numa corrida nostálgica; ou corrida em condições extremas, onde o objectivo é chegar o mais longe possível num carro altamente danificado e em condições de tempo adversas.

A isto se adiciona à personalização da vossa equipa, constituída por pessoas cujos trabalhos afecta como a vossa carreira é prosseguida. Desde engenheiros, que diminuem o tempo de reparação entre corridas, importante para cumprir os limites de tempo impostos; a directores financeiros, capazes de conseguir fazer poupar uns cobres e reduzir os vossos gastos. Todos eles são fundamentais para o bom funcionamento da equipa, ainda mais quando aliados a cartões de privilégio, que vos oferecem vantagens extra.

Talvez a adição mais interessante nesta edição do WRC 8 é a chamada área de teste, uma pequena (grande) vila que poderão explorar com o vosso carro, levando-o pelo asfalto das ruas principais ou pela terra batida das florestas,

  Edições físicas de Life is Strange 2 chega à Europa em Dezembro

Tudo isto, e mais, fazem deste modo carreira um dos mais completos visto em jogos do género até agora, dando uma visão por dentro da gestão de uma equipa, que vai muito mais além que ser piloto. Há que ter atenção em fazer a manutenção do carro, deixar a marca da equipa que representam feliz e, principalmente, ganhar corridas.

Oportunidades não faltam, já que WRC 8 contém todas as 14 rondas da temporada de 2019, com mais de 100 secções de etapas oficiais da prova, incluindo o nosso Rally de Portugal, onde poderão correr em quatro locais acima do Rio Mondego, em todo o  seu esplendor, como Fafe, Viana do Castelo, Amarante e Lousada, numa variedade de pistas e de terrenos, aos quais terão que preparar o vosso carro respectivamente para as devidas condições climatéricas; estas com um sistema dinâmico, pelo que poderão começar uma corrida com sol e terminar à chuva e vice-versa.

A jogabilidade num comando requer alguma experimentação e habituação, já que este é um jogo de simulador onde pregar a fundo faz mais mal do que bem, convindo as instruções claras e simples do nosso copiloto. Existem diversas opções de personalização no que toca a assistências, sendo o jogador a definir aquilo que mais lhe convém para conseguir correr nos seus termos. No entanto, existe um enorme suporte nativo de kits de pedais e volantes, ideal para quem procura uma experiência mais realista.

Assim, WRC 8 FIA World Rally Championship é uma excelente experiência para qualquer fã de jogos de corrida, tendo aqui um verdadeiro desafio contra o tempo, fugindo longe da condução estilo arcada. Pecando pela falta de variedade de carros, fora os oficiais, deixa-nos com saudades dos velhos tempos onde a Subaru, a Mitsubishi e até a Skoda mantinham uma rivalidade que hoje parece ser meramente histórica. Apesar disso, garantidamente, estão muitas horas de diversão a correr pelo mundo e vencer todas as provas!

Nota Final: 8/10

WRC 8 FIA World Rally Championship já está disponível para Xbox One (versão em análise), PlayStation 4, PC (Steam) (Epic Games) e Nintendo Switch.

[A Central Comics agradece à Upload Distribution e à Bigben Interactive]

Ricardo Du Toit

Fã irrepreensível de cinema de todos os géneros, mas sobretudo terror. Também adora queimar borracha em jogos de carros.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *