Jogos: Análise – PGA Tour 2K21

Quando falamos de jogos de desporto, pensamos imediatamente em títulos de futebol, como FIFA ou Pro Evolution Soccer, passando pelo futebol americano em Madden ou o basquetebol da série NBA da 2K Sports. Naturalmente que existem muitos outros, como ténis, hóquei no gelo ou râguebi, mas por alguma razão, o golfe tende passar ao lado daqueles que não são fãs, ou não conhecem o desporto. Apesar do grande e divertido esforço que a Electronic Arts fez em trazer o desporto para o mundo virtual entre 1990 a 2015, e sua independência, liderada pela hb studios, evoluiu para a sua própria série na 2K Sports, dois anos depois do jogo piloto The Golf Club 2019 featuring PGA Tour. Com esta nova era, chega-nos PGA Tour 2K21, que promete dar uma oportunidade acessível ao desporto nos campos virtuais.

PGATOUR2K21_01

O grande foco de PGA Tour 2K21 é o enorme modo carreira, que permite começar nos torneios locais e ir subindo até aos torneios profissionais, é um autêntico desafio percorrer os campos e fazer as tacadas com a força certa, conseguindo atingir os diversos objectivos. Felizmente, o jogo contém uma lista infindável de assistências que podem ser ajustadas de acordo com a dificuldade pretendida e que é fácil de alterar à medida que vamos evoluindo, tornando-se muito acessível a novos jogadores, como a outros já experientes e que venham dos jogos anteriores.

Somos brindados com uma carreira enorme, a decorrer em diversos locais, em alguns dos mais prestigiados torneios que o PGA tem para oferecer, todos eles com um desafio diferente, requerido que tenhamos noção da força e da direcção das tacadas, beneficiando da aprendizagem dos erros cometidos, enquanto ganhamos dinheiro e experiência, deixando os nossos patrocinadores felizes. Talvez o maior problema é o sentimento de vermos a bola a sair ao lado do buraco, por vezes sendo traídos pelo sistema de física que por vezes é inconsistente, podendo ser demasiado realista, a ignorar inteiramente a ideia de como funciona a gravidade.

Infelizmente, a sua entrada oficial no ecossistema da 2K Sports significa que com ele traz muitas das queixas já ouvidas na série NBA 2K, sobretudo no que toca a microtransações, das quais podemos comprar roupas, acessórios e tacos por dinheiro real, e a preços relativamente altos para itens virtuais, podendo ser por vezes intrusivo. Naturalmente, podemos ganhar dinheiro dentro do jogo, mas termos fundos suficientes para os itens mais caros requer uma dedicação muito maior. demorando algum tempo até chegarmos a esse nível.

  Xbox Series X|S com mais de 1000 jogos retrocompatíveis aperfeiçoados no lançamento

Na verdade, o que não faltam são coisas para comprar, existindo uma variedade enorme de opções, desde camisolas, a calças e sapatos, passando por chapéus e outros objectos, a tacos, estes últimos podendo mudar a forma que jogamos. O mais importante é estarem presentes praticamente todas as grandes marcas associadas ao desporto, como os estilos clássicos da Adidas e Ralph Lauren, à Tattoo Golf, para aqueles que procuram padrões mais alternativos.

Uma das grandes lacunas de PGA 2K21 é o jogo ser centrado à volta do MyPlayer, o seu modo de criação de personagem, não podendo jogar com nenhum dos jogadores profissionais. Apesar deste detalhe afectar talvez os fãs do desporto, que esperavam poder jogar na pele do campeão Justin Thomas, terão que se contentar na possibilidade de eventualmente serem rivais virtuais. Entretanto, as opções de personalização da personagem são relativamente limitadas, comparativamente a outras opções disponíveis em 2020, mas termos uma versão virtual no campo é uma tarefa que deverá ser fácil.

PGATOUR2K21_02

Finalmente, o modo online permite-nos competir com outro jogador, sendo uma experiência melhor reservada para jogadores mais experientes, pois aqui a dificuldade máxima automaticamente definida requer uma atenção muito maior que nos seus modos a solo. Até lá, é recomendada muita prática no Practice Mode, onde estamos mais que à vontade de explorar os diferentes tacos e as nossas capacidades como atleta.

Assim, PGA Tour 2K21 é uma das experiências desportivas mais interessantes que podemos encontrar de momento no mercado, afastado de todo o hype dos jogos de futebol e basquetebol, dando uma oportunidade de introduzir um novo público ao desporto, com uma dimensão realista, mas acessível a qualquer um disposto a dar uma oportunidade.

Nota Final: 8/10

PGA Tour 2K21 está disponível para Xbox One (versão testada), PlayStation 4, PC (Steam) e Nintendo Switch.

[O Central Comics agradece à Capital Games]

Ricardo Du Toit

Fã irrepreensível de cinema de todos os géneros, mas sobretudo terror. Também adora queimar borracha em jogos de carros.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *