Cinema: Crítica – O Amante Duplo (2018)

Marine Vacth é a protagonista do intrigante, fascinante e sombrio filme francês O Amante Duplo.

Em O Amante Duplo, Chloé (Marine Vacth) é uma jovem parisiense com problemas depressivos, queixando-se constantemente de uma dor na barriga da qual os médicos não conseguem descobrir a causa. Decidida, dirige-se a um psicólogo, Paul (Jérémie Renier) e acabam por se apaixonar um pelo outro, forçando Chloé a procurar um novo analista. Ao invés de ir ao contacto fornecido pelo seu agora namorado Paul, a protagonista descobre que este tem um irmão gémeo também psicológo e com o qual se irá cruzar e desvendar segredos surreais.

A sinopse transmite a sensação que o filme é uma simples história de triângulo amoroso, no entanto, consegue surpreender bastante. As primeiras imagens do filme demonstram de imediato os distúrbios psicológicos de Chloé através dos cenários confusos e o início de uma nova rotina. A sua ida ao ginecologista afirma-lhe que não existe nenhum problema no seu útero/vagina, daí ser-lhe aconselhado procurar um psicólogo, pois esta dor pode ser somente uma necessidade mental de conversar com alguém e procura de uma nova relação amorosa, sendo que desaparece à medida que Chloé fala com Paul e se apaixonam loucamente.

É um filme com bastante cenas sexuais muito bem encenadas, cujas têm sempre um propósito narrativo. No entanto, permanece sempre uma forte dúvida do que está efectivamente a passar-se com a protagonista devido ao constante jogo de luz sombria ao longo do filme e metáforas integradas. Existe constantemente a sensação de que um ou dois gémeos ocultam-lhe segredos horrendos, mas que também há a possibilidade de isto estar somente a passar-se na sua cabeça.

  Conhece os protagonistas de DUMBO

Por consequência, o final cliché na edição, fotografia e, principalmente, no enredo desaponta devido à sensibilidade incrível e visual independente que o filme tem nas primeiras duas metades. Todavia, O Amante Duplo é construído de um modo extremamente intrigante, fascinante e sombrio, no qual contém uma performance brilhante da protagonista Marine Vacth.

  • O Amante Duplo estreou a 27 dezembro nos cinemas

7/10

Tiago Ferreira

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *