Cinema: Crítica – O Ben Está de Volta (2018)

Um filho toxicodependente regressa a casa para passar a véspera de Natal com a família. Julia Roberts e Lucas Hedges são os incríveis protagonistas do drama, O Ben Está de Volta.

O jovem de 19 anos toxicodependente, Ben Burges (Lucas Hedges), volta a casa para passar a véspera de Natal com a sua família. A sua mãe, Holy (Julia Roberts), está felicíssima com o seu regresso, no entanto, o resto da família acredita firmemente que isto não vai correr bem e Ben vai voltar a ter uma recaída. O jovem é assim posto à prova durante 24horas, surgindo revelações das suas ações passadas e uma mãe motivada pelo amor pelo seu filho que faz de tudo para o manter a salvo.

É curioso em como no mesmo ano surgiram dois filmes acerca do mesmo tópico, a toxicodependência nos mais jovens, nomeadamente em Beautiful Boy (crítica disponível no nosso site) e O Ben Está de Volta. Ambos conseguem acentuar a importância em analisar este problema atual em duas maneiras bastante distintas e originais. No filme em questão, cujo é realizado por Peter Hedges (A Extraordinária Vida de Timothy Green), Ben já cometeu vários crimes e ações malignas e o que observamos é as consequências das mesmas. No seu regresso a casa, a sua irmã Ivy (Kathryn Newton) afirma que os dois Natais anteriores foram arruinados por ele e que é inevitável que aconteça o mesmo. As suas amizades passadas com indivíduos perigosos põem constantemente esta família em risco e Ben terá de passar a véspera de Natal a tentar resolver os seus problemas em companhia da sua mãe, que não o solta de modo a este não voltar à tentação de usar de drogas.

O filme consegue assim passar-se durante 24horas, mas que transmitem a sensação de uma vida devido ao diálogo contínuo acerca dos erros que cada um cometeu, seja sobre Ben e a mãe, Holy, como da família biológica e adoptiva. Ben é movido pela motivação de largar as drogas e surpreender a sua família com o seu regresso, no entanto, é constantemente tentado a regressar a esta vida horrível e depressiva, tanto pelas memórias que o perseguem, mas também pelos testes que é deparado durante este longo dia.

  Cinema: MOTELX 2019 - Reveladas as Curtas Internacionais Selecionadas

Todavia, a história só funciona devido ao amor incondicional da sua mãe, interpretada por Julia Roberts, cuja afirma-se novamente como uma atriz de topo. É impossível não nos sensificarmos com a motivação desta mãe em salvar o seu filho e é precisamente através dela que ficamos a conhecer mais acerca de todas as personagens. A sua personalidade destemida e corajosa sobrepõe-se à melancolia e leva-a a conhecer territórios perigosos em conjunto com o seu filho. Além disto, o restante elenco é capaz de suportar estes dois fortes protagonistas, dando destaque à irmã Ivy, já mencionada, e ao pai adoptivo, Neal (Courtney B. Vance), que representam um lado familiar menos esperançoso, mas com uma presença igualmente valorosa.

Por fim, o enredo entra por vezes na previsibilidade, mas que a nível geral funcionam eficientemente e dão lugar a momentos emocionantes acerca da importância da família. O seu final pode ser considerado demasiado apressado mas destaca o problema atual da toxicodependência juvenil.

  • O Ben Está de Volta estreia a 27 dezembro 2018 nos cinemas

7/10

Tiago Ferreira

O Ben está de Volta, tocando no tema da toxicodependência, podia bem descambar para um filme de imagens chocantes e até de repulsa para com o espectador comum. Mas não faz isso. Toca num assunto delicado de forma subtil graficamente mas que acaba por causar algum incómodo e um ligeiro aperto no estômago, com os diálogos realistas e com as magnificas prestações de Julia Roberts e Lucas Hedges. Esta dupla de actores consegue fazer-nos crer em tudo o que vemos e viver com eles o drama que é a triste realidade de muitas famílias pelo mundo fora. Apesar da alguma previsibilidade do rumo do argumento e de um final demasiado “seco”, o filme acaba por ser catapultado pelos incríveis desempenhos dos protagonistas.

7/10

Hugo Jesus

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *