Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Armazém Central Volume 1 – Marie

Após o lançamento de “Confissões | Montreal” que representam os volume originais 4 e 5, a Arte de Autor reimprime o primeiro volume – Armazém Central Volume 1 Marie – que tinha sido lançado pela Asa em 2006 e que estava esgotado.

Armazém Central Volume 1 Marie

Canadá, 1926

Na aldeia de Notre-Dame-des-Lacs, o quotidiano decorre segundo uma normalidade bucólica, assente na agricultura, na pastorícia e na caça. No centro da pequena povoação – e da vida local – está o armazém de Félix Ducharme, que assegura aos seus concidadãos todas as suas necessidades: alimentos, ferramentas, artigos para a casa, vestuário, utilidades… Mas de súbito, essa normalidade aparentemente imutável vai ser alterada pela morte de Félix.

Privada do único local de comércio, sem o seu fornecedor, a pacata localidade parece caminhar para o seu fim. É então que Marie, a jovem viúva de Félix, decide abraçar a actividade do marido, assumir o seu lugar, aprender de forma auto-didacta a conduzir o velho camião que permite ir buscar os bens à vila mais próxima e manter aberto e fornecido o armazém. Algo inaudito em meados dos anos 20 do século passado – e por isso inicialmente não bem aceite por alguns.

Armazém Central Volume 1 – Marie
Argumento e Desenho:  Loisel & Tripp
Arte de Autor
Edição: Cartonada
Número de páginas: 80
Impressão:  cores
Formato: 227 X 302
Editor: Arte de Autor
ISBN:  978-989-54827-8-8
PVP: 21,00€

Jean-Louis Tripp

Nasceu em França, 1958.

Desenhador, argumentista e colorista publicou as suas primeiras pranchas na Metal Hurlant em 1977. O seu primeiro álbum, Le bœuf n’était pas mode, foi publicado em 1978. Depois de três títulos na Futuropolis com Marc Barcelo, lança na MIilan a série Jacques Gallard, onde os segundo e terceiro tomos Soviet Zigzag e Zoulou Blues obtiveram no FIBD de Angoulême o prémio da imprensa e o prémio do público em 1987 e1988.
A partir de 1990 começa um período de criação dedicado ao design, escultura, pintura, reportagens de desenho e literatura juvenil. O ano de 2002 marca o regresso à banda desenhada com o Le Nouveau Jean-Claude (argumento de Tronchet).
Em 2003, é professor convidado para a Universidade de Quebec e desenha Paroles d’anges, começando em 2006, com Régis Loisel, o longo romance gráfico Magasin Général. Esta saga publicada em Casterman, tem nove volumes e três nomeações no festival de Angoulême. Desde 2015, divide o seu tempo entre Paris e Montreal.

 

Régis Loisel

Nasceu em França, 1951.

Argumentista, desenhador e colorista assina os seus primeiros trabalhos em meados da década de 70 em diversas publicações (Mormol, Piloto, Tousse-Bourin), mas é a partir do início da década de 80 que a sua carreira descola com a série La Quête de l’oiseau du temps (Dargaud), com argumento de Serge Le Tendre.

É também autor de Peter Pan (Vents d’ Ouest) ou de Troubles fêtes (Les Humanoïdes Associés). Colaborou em diversas longas-metragens de animação e foi distinguido em 2003 pelo Grande Prémio da Cidade de Angoulême. Em 2006, lança Magasin Général (Casterman) com Jean-Louis Tripp. Vive em Montreal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *