BD: Lançamento – O Comboio dos Órfãos: Ciclo II – Lisa e Joey

Passaram-se três anos e meio desde o lançamento do primeiro tomo, mas o Comboio dos Órfãos está de regresso com o segundo ciclo num álbum duplo.

O Comboio dos Órfãos – Ciclo II: Lisa e JoeyKansas — 1991
Há festa na quinta do velho Jim que acaba de casar com a doce Bianca. À mesa, a única sombra é a cruel ausência de Joey, o seu irmão mais novo, o qual perdera de vista depois da sua adoção, há 70 anos.
Cowpoke Canyon — 1991
Apesar da idade e da doença, Lisa decidiu ir à reunião anual dos Orphan Train Riders. Ela insiste para que Joey a acompanhe, mas o seu amigo de longa data tem fobia aos comboios.
Middle West — 1920
Para escapar ao casamento que Effron lhe quer impor, a jovem Lisa foge na companhia do pequeno Joey, acabando ambos por chegar a Nova Iorque onde têm esperança de encontrar o seu irmão, Jim. Os primeiros dias em Nova Iorque são difíceis. Mas o futuro parece ser promissor quando os dois amigos dão de caras com Mr. Coleman, cujo jogo duplo ignoram…

  Stan Lee morre aos 95 anos

O Comboio dos Órfãos – Ciclo II: Lisa e Joey
Philippe Charlot & Xavier Fourquemin
Arcádia
Páginas: 96
Dimensões: 476 x 320 x 12 mm, cores,
Encadernação: capa dura
PVP: 22,00€

Páginas 37 a 39:

Phillipe Charlot (argumentista),
escritor de canções e novelas, cruzou estas experiências com a BD. O seu primeiro projeto relaciona-se com o percurso de um homem de jazz de nome Bourbon Street, tendo sido desenhado por Alexis Chabert. Publicado pela Grand Angle/Bamboo em 2 tomos, foi bem recebido pela crítica e vence o Prémio de Álbum no ano de 2012 no Festival Internacional de Chambéry. Participou em diversos álbuns coletivos (Game Over T4, 5 e 8 – Dupuis/Mad Fabrik e À vous Cognacq-Jay T1 e 2 – Delcourt). O Comboio dos Órfãos é a sua série com mais números. A sua mais recente colaboração com Fourquemin, novamente na Bamboo, é uma série de 2 tomos intitulada Le Cemitière des Innocents. Na Bamboo, publicou ainda Gran Café Tortoni (desenhos de Winoc) e Les Sœurs Fox (desenhos de Grégoory Charlet). É ainda coargumentista da série Karma Salsa da Dargaud e de Harmonijika da Glénat.

  Lançamento: Michel Vaillant 7 - Macau, nas livrarias!

Xavier Fourquemin (desenhador)
frequentou o curso de BD na Academia de Belas Artes de Tournai. Em 1996, publica na revista Gotham editada pela Vent-d’Ouest, L’immonde Bête. Em 1997, pré-publica Alban, a sua 1.ª série com argumento de Dieter, na revista Golem (editora Le Téméraire), que viria a ter direito a 6 álbuns. Entre 2001 e 2005 são editados os álbuns da série Outlaw, novamente escritos por Dieter. Trabalhou em diversos álbuns coletivos, bem como em Miss Endicott e La Légende du Changeling publicadas pela Lombard, antes de se aliar à Bamboo/Grand Angle em O Comboio dos Órfãos, com argumento de Charlot. A obra mais recente desta parceria é Le Cemitière des Innocents, também publicada na Bamboo. Em 2016, ilustrou o 3.º álbum de Communardes! para a Vents d’Ouest.

Hugo Jesus

Co-criador e administrador do Central Comics desde 2001. É também legendador e paginador de banda desenhada, e ocasionalmente argumentista.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *