Recomendação do Mês (cinema): Capitão Fantástico

CAPTAIN FANTASTICEu sei, eu sei. É batota. É batota eu estar a escrever sobre o “Capitão Fantástico” e com poucas palavras, em vez de uma crítica “a sério” (o que, honestamente, não é o que faço habitualmente), mas estou estupidamente atrasado e este filme em questão já se encontra nas salas desde dia 15. [fbshare]

Mas algo é melhor do que nada e este novo filme do usualmente actor Matt Ross (CEO da Hooli, para quem vê Silicon Valley) é tudo num panorama cinematográfico cheio de “quases”.

Acredito que será das melhoras idas ao cinema que terão este ano (certamente uma das mais humanas e tocantes), com personagens que valem o vosso tempo, que fazem escolhas, sofrem as consequências e vivem uma delirante aventura à procura da mãe (no caso dos seus seis filhos) ou da esposa (no caso de Ben).

Viggo Mortensen dá nos uma performance brilhante e multi-facetada como Ben – o carinhoso, dedicado e ao mesmo tempo radical pai que rejeitou os caminhos habituais da sociedade, levando os filhos, literalmente, por trilhos montanhosos ao encontro da sua formação.

E é nos vários conflitos de Ben contra os filhos, ou irmã (Kathryn Hahn), ou genro (um grande Frank Langella) que o filme nos dá uma dictonomia interessante e inteligente nos valores honestos e frontais de Ben contra o escudo temporário da sociedade.

  Cinema: Crítica - Maléfica: Mestre do Mal

Por isso, deixem-me aproveitar esta oportunidade para ser algo que normalmente não sou. Assertivo, breve e honesto.

Vejam este filme. Não porque leram talvez um dos mais redundantes, vazios e insípidos textos escritos sobre a fita de Matt Ross, mas porque merece ser visto. Pode nem ser agora, numa sala. Mas, um dia quando precisarem de um filme amigo, escolham este. Tem um coração bem vivo e a bater bem forte.

E agora, vou tentar sacudir o espírito contagiante do filme que me invadiu o corpo e acabar com este liricismo horrível ao perguntar: “Já ouviram a segunda música do novo álbum dos Metallica? Está do c******!”

Tiago Laranjo

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *