Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Crítica BD – Sapiens: Os Pilares da Civilização, Vol. 2

“Os Pilares da Civilização” é o segundo volume (de cinco previstos) da adaptação ilustrada do bestseller internacional “Sapiens, História Breve da Humanidade”.

Yuval Noah Harari, em parceria com o escritor David Vandermeulen e o ilustrador Daniel Casanave, faz-nos uma vez mais viajar através dos séculos, investigando, desta feita, uma das maiores transformações da História: a Revolução Agrícola e as suas inesperadas consequências para a sociedade humana.

Com o apurado humor a que nos habituamos na série, esta obra alcança os mais variados coletivos, projetando uma banda desenhada ao serviço do pensamento. A informação científica e histórica acerca da nossa evolução, é dada de muitíssimas formas: ou as personagens assistem a um filme, ou leem revistas, ou vão a conferências, ou simplesmente conversam entre si, levantando dúvidas e questões – que, inevitavelmente, também se formam na cabeça do leitor – este livro obtém, de facto, respostas, dispõe de um argumento assertivo, mas não afirma, deixa espaço para a imersão e disponibilidade criativa do público. Interliga acontecimentos e jamais generaliza julgamentos passados, as notas são transmitidas de forma cuidada, sem formar logótipos.

Acompanhamos a fundação das primeiras cidades, o progresso da agricultura, o despertar da economia e a quente reflexão acerca dos relacionamentos, surge a noção de família. Bem como, a linguagem e a escrita.

Outro elemento importante em Sapiens é a exploração de um sentido crítico, os relatos de guerra, das epidemias, da fome e da desigualdade social não são feitos friamente, fazem parte da cronologia, da linha temporal, são parte constituinte da condição humana. Deste modo, apesar de acharmos uma narrativa descontraída e bastante coloquial, a mesma não deixa de assumir e sublinhar responsabilidades.

Nos desenhos, Daniel Casanave, o ilustrador, oferece-nos traços simples, rápidos e que servem bem o propósito desta banda desenhada. Demonstra retratos lineares, com cores vivas, o que não inibe o aparecimento de vinhetas de maior vigor e dimensões. Opta por um estilo mais caricatural, que se alia coerentemente ao texto. Podia libertar mais as linhas em certas páginas? Podia. Next time.

Quanto à edição, estamos perante um bom trabalho da Elsinore (20|20 Editora). Os livros têm capa dura, uma encadernação e impressão ideais. E, acompanham, com muito mérito, a data da edição mundial.

“Sapiens: Os Pilares da Civilização”, reflete, exatamente, o crescimento das estruturas que sustentam a espécie humana, os percursos e os desafios, porque sem eles não se fazem arbítrios.

Yuval Noah Harari, é historiador, investigador e professor de História do Mundo na Universidade Hebraica de Jerusalém. Doutorado em História pela Universidade de Oxford, tem partilhado o palco com líderes mundiais como Angela Merkel e Emmanuel Macron, ou personalidades como Natalie Portman e Mark Zuckerberg. Publica regularmente artigos no New York Times, Finantial Times e The Guardian. Os seus livros, publicados em Portugal pela Editora Elsinore, venderam mais de 35 milhões de exemplares, em 65 línguas.

David Vandermeulen, é o coautor desta obra. Estudou na Academia Real de Belas Artes de Bruxelas e no Instituto Real de História de Arte e Arqueologia. Dirige, desde 2016, a coleção Pequena Bedeteca do Saber, que associa ensaio e banda desenhada.

Daniel Casanave, é um artista que divide o seu trabalho entre ilustração, cenografia e banda desenhada. Formado em Artes Plásticas, tem trabalhado sobretudo na adaptação de obras-primas literárias.

Autores: Yuval Noah Harari, David Vandermeulen
Ilustração: Daniel Casanave
Género: Banda Desenhada, Ciência, História
Editora: Elsinore 20|20
Argumento: 8
Arte: 8
Legendagem: 5
Veredito final: 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *