Análise BD – “Monstress, Vol. 4 Os Escolhidos”- Nós familiares e os encargos do futuro

O aguardado regresso de “Monstress”, de Marjorie Liu e Sana Takeda, chegou a Portugal pela Saída de Emergência. Esta série de BD tem sido galardoada com um elevado número de prémios – entre 2017 e 2019, recebeu cinco Eisner Awards, quatro Hugo Awards, dois British Fantasy Awards e um Harvey Award.

Marjorie Liu, reside em Boston, é uma aclamada escritora de livros de BD e ficção. Trabalhou com a Marvel, tendo publicações na Alemanha, França, Japão, Polónia e Reino Unido. Antes de se dedicar a tempo inteiro à escrita, era advogada.

Sana Takeda nasceu em Niigata e reside em Tóquio. Foi designer na SEGA e tem igualmente um extenso trabalho publicado com a Marvel.

Neste volume quatro, intitulado de “Os Escolhidos” – o grupo separou-se, Maika encontra o Doutor e descobre laços da sua origem que pouco lhe agradam… Nestes novos capítulos observa-se uma protagonista mais madura e controlada perante os desafios e as novidades que enfrenta.

Paralelamente Moriko e Kippa lidam também com caçadores de prémios furtivos e sem escrúpulos, para além de deuses em escuras e profundas cavernas ou então à vista de todos, troçando os propósitos dos demais.

À medida que esta trama dupla se desenvolve, o leitor contempla em algumas páginas, a mitologia que relata a história e a guerra entre Arcaicos e Humanos – Isto provoca um distanciamento ocasional e necessário da narrativa principal.

  Stranger Things - Em Chamas

A sequela é claramente certa, existem muitos incógnitos, o subtexto e índole de algumas personagens encontra-se ainda por desvendar, falta esclarecer ligações, as pistas nas palavras não são fáceis de decifrar, vemos texto e imagem, mas o tom usado varia sempre, vai por palpites.

Já o visual é extremamente belo e exótico, prima-se com os dourados, os platinados, as sombras – o ambiente natural de um livro que inspira mistério. O foco nas expressões é notável, proporcionando quase planos cinematográficos. O design que mistura tecnologia e carne é inquietante e curioso, sendo uma adição genial para o macabro presente em “Monstress”.

Este volume pareceu-me aquele interlúdio, aquela cortina de ferro que antecede a batalha, tivemos cenários mais coloquiais, menos lutas e mais intrigas de corte. Funciona como que uma preparação para um clímax muito próximo!

As autoras oferecem uma importante lição sobre os acontecimentos… A de que a verdade tem sempre um preço, e a de que a nossa perspetiva sobre os factos tem muitas contrariedades e senãos quando posta frente a frente com o sentido oposto da corrente.

Autor: Marjorie Liu
Ilustração: Sana Takeda
Género: Banda Desenhada, Fantasia, Terror
Editora: Saída de Emergência

Argumento: 8
Arte: 8
Legendagem: 6
Veredito final: 8

Monstress 8 - os escolhidos

Raquel Rafael

Da marginalidade à pureza gosto de sentir tudo. Alcanço o clímax na escrita. Sacio-me com a catarse no teatro. Adiciona-se uma consola, um lightsaber, eye makeup quanto baste e estou pronta a servir.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *