Análise BD – ” Lucky Luke Muda de Sela” – The good, the bad and a bike

Esta BD da autoria de Mawil, apresenta ilustrações e abordagens divertidas do famoso universo de Lucky Luke. É de realçar que esta edição portuguesa antecede a própria publicação da obra no mercado franco-belga!

Markus Witzel nasceu em 1976 em Berlim Oriental, tendo adotado o nome Mawil como pseudónimo artístico. Em 2014, o seu livro de BD, “Kinderland”, uma história com contornos autobiográficos, obteve o prémio Max und Moritz para Melhor BD em Alemão.

Com um argumento original, “Lucky Luke Muda de Sela”, retrata a jornada pouco amistosa de um cowboy ao volante de uma bicicleta. O nosso protagonista atravessa meio oeste, enquanto é perseguido por um duo com falta de simpatia e de alguns miolos, os inabaláveis índios, um jornalista enigmático. A viagem é atribulada, principalmente porque desta vez Jolly Jumper está com um ataque de ciúmes em relação ao veículo que o parece ter substituído! Inicialmente pode parecer um pecado, revirar um western desta forma, contudo a genialidade instala-se precisamente nesse reverso da medalha…

De pés firmes nos pedais, o leitor acha um humor de ocasião, simples, mas direto. A paródia às lutas de bar é uma constante. As sequências de quadradinho para quadradinho fazem lembrar os filmes animados, deste modo verifica-se que os esboços de Mawil possuem influências do cartoon que rondam um movimento realista bastante único e característico da sua mão.

  Assassination Classroom Vol. 17 Hora da Cisão

Este livro não cai na vulgaridade, o traço é muito vivo e dinâmico, a ideia base contém fortes raízes com espaço para crescer… O que me aborrece, é a pouca distinção que existe entre personagens, os rostos são muito parecidos – os olhos são reduzidos a pontos negros ou círculos vazios, retiram expressividade e carater ao enredo.

Está longe se ser o típico Lucky Luke, pelo menos visualmente, desenganem-se se são amantes de tradições. Cada página é antes uma bonita homenagem à história e ao ídolo que inspirou o autor, surge aqui com uma imagem renovada, porém o espírito desta figura incontornável da BD permanece intacta, mais rebelde do que nunca!

Lonesome cowboy, lonesome cowboy, you’re a long long way from home
Lonesome cowboy, lonesome cowboy, you’ve a long long way to roam

Autor: Mawil
Ilustração: Mawil
Género: Banda Desenhada, Aventura
Editora: A Seita
Argumento: 9
Arte: 7
Legendagem: 8
Veredito final: 8

Raquel Rafael

Da marginalidade à pureza gosto de sentir tudo. Alcanço o clímax na escrita. Sacio-me com a catarse no teatro. Adiciona-se uma consola, um lightsaber, eye makeup quanto baste e estou pronta a servir.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *