Cinema: Análise – “Ferdinando” (2017)

Quem diria que um touro poderia derreter corações. Ferdinando estreia só a 21 de Dezembro mas o Central Comics já foi ver. Fica a saber o que achámos…

“Ferdinando” é o novo filme de animação da produtora Blue Sky Studios, mas conhecidos pela saga “Idade do Gelo”. O filme conta a história de Ferdinando, um touro calmo e pacífico, fã incondicional de flores, que não se adapta ao estilo típico de touros lutadores nas arenas de touradas e que tenta, por tudo, mudar o seu destino. Para isso, irá precisar de um conjunto de amigos desajustados mas com muito para dar.

De facto, esta é uma história que já vimos ser contada milhares de vezes, seja em filmes ou livros. E, digamos que este filme não acrescenta nada à história que a torne, de alguma forma, original ou imprevisível – desde o início do filme que conseguimos prever como o mesmo se irá desenrolar. Contudo, o que este filme tem para oferecer são personagens adoráveis que nos cativam até ao fim.

Não há forma de negar que a personagem Ferdinando foi criado e desenhado para derreter corações – seja a cheirar flores ou a rebolar-se com a dona pela relva, este touro irá rebentar sorrisos pela audiência. Em termos dos seus amigos, todos são engraçados, mas a personagem que mais se destaca é Lupe, a energética cabra que se auto nomeia “treinadora” de Ferdinando, querendo prepará-lo para as praças de touradas.

A mensagem do filme é simples mas bastante pertinente – sê tu mesmo! Há uma intenção de ensinar as crianças as a aceitar e abraçar a diferença das outras pessoas, o que nunca deixará de ser uma lição importante de ser ensinada. Talvez consiga melhorar uma parte da sociedade como apenas um touro sensível conseguirá.

Num modo geral, o filme apresenta as suas falhas– história pouco original, diálogo um pouco “cru” com algumas piadas forçadas, e e a utilização de músicas pop na banda sonora que não compactua com o ambiente do filme.  Mas considero que não se possa julgar este tipo de  filme por estas falhas, sendo que seu objectivo é entreter enquanto transmite uma mensagem positiva e inspiradora.

“Ferdinando” encanta. Com uma animação simples mas vivaça, durante 100 minutos somos transportados para os ares de Espanha, ao ser-nos contada uma história simples mas com coração, que não está destinada a mudar a nossa vida, mas que diverte e entretém competentemente crianças e adultos.

3/5