BD: Ator brasileiro Felipe Folgosi distribui em Portugal a sua primeira graphic novel

“Aurora”, é um Livro de banda desenhada com guião do ator Felipe Folgosi é um thriller de ficção científica protagonizado por um pescador português.

Aurora - de FELIPE FOLGOSI Já está nas livrarias portuguesas a banda desenhada que marca a estreia do ator brasileiro Felipe Folgosi na criação de guiões para banda desenhada. Conhecido nos ecrãs nacionais pelas suas prestações em telenovelas e filmes, Folgosi estudou também guionismo na Universidade da Califórnia, e elaborou um guião que tem como protagonista um pescador português emigrado em Massachussets.

“Aurora” é um thriller de ficção científica que conta a história de Rafael, pescador que presencia um fenómeno natural nunca antes visto. Essa experiência transforma-o num ser maior do que um simples humano, um herói moldado pela evolução natural que acaba por ser perseguido pelo governo americano devido aos seus poderes. “É a história clássica de um homem comum que se encontra numa situação extraordinária e acaba por se descobrir herói”, conta Felipe, que se uniu ao Instituto dos Quadrinhos para concretizar este projeto no Brasil.

Aurora - de FELIPE FOLGOSI Aurora - de FELIPE FOLGOSI

Felipe desenvolve uma história de ação surpreendente que mistura fatos científicos e questões filosóficas.

“Como fã do género, penso que as melhores histórias partem de premissas reais combinadas de forma inusitada e levadas às últimas consequências, então pesquisei muito para que cada termo científico usado, cada dado técnico citado gerasse uma sensação de verosimilhança no leitor”, explica o autor que levou dez anos entre a ideia original e seu lançamento, período dedicado à pesquisa exigida pelo projeto: “a pesquisa foi extensa, detalhada, começando com os locais onde se passa a história, dados sobre astronomia e astrofísica, sobre partículas cósmicas, precessão dos equinócios, neandertais versus homo sapiens, aceleradores de partículas, agências de pesquisa militar, maçonaria e por aí vai”.

Aurora - de FELIPE FOLGOSI Aurora - de FELIPE FOLGOSI

Formado em cinema, na Faculdade de Comunicação e Marketing da Fundação Armando Alvares Penteado, em São Paulo, e com uma especialização em guionismo na Universidade da Califónia, em Los Angeles, Estados Unidos da América, Felipe Folgosi desenvolveu inicialmente o guião de “Aurora” para o cinema, mas acabou por adaptar a trama a uma história em banda desenhada, ao perceber o seu enorme potencial gráfico.

“Consegui juntar elementos suficientes para criar uma história plausível partindo de uma premissa fantástica, misturando astronomia, medicina, evolucionismo com uma boa dose de sociedades secretas e teorias da conspiração”.

Fã de banda desenhada, Felipe conta que a inspiração de “Aurora” vem tanto do universo da BD quanto da ciência.

“Além de gostar da cultura pop, gosto muito de ciência e, apesar de leigo, leio frequentemente sobre o assunto, mas no final penso que meu grande interesse é sobre o ser humano e sua relação com o universo, sobre a construção da realidade e da possibilidade da existência e manifestação de uma metafísica ou Deus”.

Felipe FolgosiFelipe Folgosi

Com desenhos de Leno Carvalho, edição de Klebs Junior e arte-final de Nelson Pereira, este projeto foi publicado pelo Instituto dos Quadrinhos, um polo de criação de banda desenhada, animação e ilustração, fundado por Klebs Junior em 1999, e para além de apoios privados, foi alvo de uma bem sucedida campanha de crowdfunding.

A obra foi nomeada para três prémios HQMix (Roteiro, Novos Talentos e Publicação de Aventura, Terror e Fantasia), e já está na calha uma nova criação intitulada “Comunhão”, igualmente co-financiada pelo público.

O livro está disponível em livrarias e pontos de venda em Portugal pelo P.V.P de 12,90 €

Aurora - de FELIPE FOLGOSI

FELIPE FOLGOSI

FELIPE FOLGOSI Formou-se em cinema na FAAP e frequentou uma especialização na UCLA durante dois anos, com ênfase em Guião. Desde 2000 tem colaborado em vários órgãos de comunicação social, como o Jornal da Tarde e a revista da Avianca, escrevendo sobre cinema. Em 2001 ganhou o Concurso Nacional de Dramaturgia promovido pelo Ministério da Cultura com a peça “Um Outro Dia”.

Começou a fazer teatro aos 15 anos e estreou-se aos 17 anos na televisão com a minissérie “Sex Appeal”, na Rede Globo, em 1993. Em seguida fez a novela “Olho no Olho”, onde era o protagonista Alef. Integrou ainda o elenco de “Explode Coração”, “Corpo Dourado”, “Vidas Cruzadas”, “Jamais te Esquecerei”, “Começar de Novo”, “Os Ricos Também Choram”, “Prova de Amor” e da trilogia “Os Mutantes”, na Rede Record.

Como apresentador, destaque para o programa “Tá Ligado” da Fundação Roberto Marinho;; “Acredite Se Quiser” na Band. Mais recentemente participou na longa-metragem “A Grande Vitória” com Caio Castro e Sabrina Sato, na série “Politicamente Incorreto” com Danilo Gentilli, na FOX, e na novela “Chiquititas” do SBT. Felipe acabou de participar da novela “A Terra Prometida” na Rede Record e atualmente está gravando o seriado “171-Negócio de Família” para o Universal Channel. No teatro fez mais de dez peças, entre elas “Gato Vira-Lata”, de Juca de Oliveira.


“Mais do mesmo?” (Outcast Série Vs. BD)!

Subscreve o nosso canal de youtube: inscreve-te no youtube