Antevisão: Hän Solo

O multi-premiado Rui Lacas regressa com mais um álbum para a Polvo e a Central Comics orgulha-se de apresentar em primeira mão o anúncio do seu lançamento e a antevisão das primeiras páginas.

Ao abrigo do Programa Erasmus, Hän, um holandês, ruma a Lisboa para estudar. Depressa se ambienta às novas rotinas, acabando por arranjar casa, namorada(s) e trabalho, o que o leva a permanecer. Ficamos a conhecer, em flashes, a história pessoal de Hän (dádiva de Deus, em alemão) e as suas relações com personagens que surgem e desaparecem.


Mas nem tudo são rosas na vida deste fotógrafo freelancer, que ama o desenho e a pintura. Uma doença do foro mental aflige-o e circunstâncias várias acabam por levá-lo a Madrid, onde conhece um curioso grupo e acaba por ganhar um novo nome.
Nesta obra Lacas demonstra todo o seu amor por Lisboa, reproduz fielmente uma certa boémia do Bairro Alto e mostra estar atento ao momento de crise e tensão que atravessamos, retratando as manifestações recentemente ocorridas na capital espanhola, na qual nos conduz igualmente numa pequena visita guiada.

Capa Hän Solo Hän Solo Página 1Hän Solo Página 2Hän Solo Página 3Hän Solo Página 4Contracapa Hän Solo

Hän Solo
De Rui Lacas
Edições Polvo
Fora de colecção; 24 x 17 cm;
capa em bicromia, com badanas;
64 pág. impressas a 2 cores;
PVP: 9,90 Euros (s/IVA)

O AUTOR
RUI LACAS (1974, Lisboa).

Começou a fazer Banda Desenhada, em 1989, em publicações como “Banda” (onde se estreou), “Shock”, “Comic Cala-te” (que co-editou), “Café no Park”, “Bd & Roll”, “Azul BD Três”, “Boom”, “Mesinha de Cabeceira”, “Vertigens”, entre outras.
Depois, colaborou nas revistas “Selecções BD” e “Rua Sésamo”.
Sob argumento de Jorge Magalhães, desenhou Maldita Cocaína (1994), baseada na peça homónima de Filipe La Féria. Em colaboração com o argumentista Pedro Baptista-Bastos desenhou A Cauda do Tigre (1998).
E, pela primeira vez como autor completo em livro, realizou A Filha do Caranguejo (segundo autor, o seu livro preferido, 2001), Que é feito do meu Natal (2002), Obrigado Patrão (com edição originalmente em francês e edição portuguesa em 2008), Asteroid Fighters (2009) e A Ermida (2011).
Hän Solo (2012) é o seu mais recente projecto dado à estampa.

previews O Lobo Mau