Crítica: Batman #8

Veja aqui a crítica de Batman #8, o inicio do primeiro grande Crossover da DC apos o Reboot de 2011 e as primeiras 6 páginas para ler.

Já houveram outros Crossoverers desde Setembro de 2011, mas com menos impacto e em títulos menos conhecidos. Este Night of the Owls (que é o titulo do Crossover) denota uma abordagem diferente do habitual a este tipo de eventos, e quem se lembra de Blackest Night e de Brightest Day (2 dos últimos da DC) lembra-se que quase todos os títulos da DC tinham alguma ligação com a grande historia que esta editora queria vender. Esta estratégia “obrigava” o leitor a ter que comprar muitos comics para poder acompanhar a grande evento.

Deste vez a abordagem é diferente, o que torna o evento mais acessível aos leitores e mais “contido”, uma vez que apenas os títulos da “família” Batman vão participar e mesmo esses títulos podem ser lidos separadamanente sem grande intervenção na historia principal, a ser contada na revista Batman.

Este batman #8 é muito simples de resumir. O court of owls manda todos os seus vilões atacar o Batman na sua própria mansão e temos o Bruce Wayne a lutar pela sua vida (em pijama…) na sua mansão e na sua caverna.

Esta revista tem uma back up story desenhada pelo rafael albuqerque, que junta a dupla que nos traz habitualmente American Vampire. Mas a boa noticia é que esta historia contada no fim da revista não é uma dispensável ao desenrolar da acção. Antes pelo contrario, é uma continuação do que acontece antes mas com um desenhador diferente. O que torna a historia ainda mais extensa e completa.
Pontuação: 80 em 100

NV

Pub: Faz as tuas assinaturas de comics na loja O Lobo Mau

 

As primeiras 6 páginas:

Batman #8Batman #8Batman #8
Batman #8Batman #8


STORY BY
Scott Snyder
ART BY
Greg Capullo, Joanthan Glapion, Rafael Albuquerque
COLORS BY
FCO Plascenscia
COVER BY
Greg Capullo, FCO Plascenscia, Jason Fabok
PUBLISHER
DC Comics
COVER PRICE:
$3.99

Relacionados